Posted in:

Coisas para vender na rua: 22 ideias para fazer uma renda extra

10 Coisas para vender na rua 22 ideias para fazer uma renda extra
Coisas para vender na rua: 22 ideias para fazer uma renda extra
3.4 (68.87%) 106 votes

Está à procura de coisas para vender na rua?

Essa pode ser uma bela ideia de negócio, por que não?

Mas a concorrência é alta.

Com a taxa de desemprego ainda na casa de dois dígitos no Brasil, o que não falta é gente querendo aprender como ganhar dinheiro vendendo coisas simples e baratas.

Se isso não o desanima, ótimo!

A autoconfiança é uma das características fundamentais para qualquer empreendedor.

Ter o seu próprio negócio é uma ótima maneira de ter um rendimento extra no final do mês ao se dedicar intensa e exclusivamente a uma profissão autônoma.

Antes de continuar a leitura, veja isso...

Se inscreva em nossa LISTA VIP para receber conteúdos exclusivos

Você está a
salvo da crise?

47 dicas simples para cortar custos e proteger seu negócio.

Bom, espero que esse material possa te ajudar.

Continuando...

Muitas pessoas optam pelo empreendedorismo na busca por melhores opções de ganho.

Para elas, a atuação como vendedor ambulante pode ser uma ótima escolha.

Qualquer um que saiba vender pode ir em busca do seu objetivo. E quem não sabe, pode aprender.

Se você deseja encontrar produtos para revender e lucrar, pode começar agora.

O artigo de hoje foi especialmente construído para abordar as várias possibilidades de coisas para vender na rua que podem render sucesso e lucro.

Vou falar de coisas para fazer e vender fácil, de coisas para vender que dão dinheiro e também dar dicas sobre o que vender porta a porta.

Curioso e interessado?

Então, boa leitura!

Já pensou que vender na rua pode ser um negócio lucrativo?

Vendedor de pipoca que ficou milionário, empreendedora do setor de brigadeiros…

Exemplos de sucesso não faltam para pessoas que começaram seus negócios vendendo coisas na rua.

Saber vender é, em si, algo realmente revolucionário, que indica um atalho para o sucesso.

É claro que algumas dicas podem otimizar o processo de venda e gerar ainda mais lucro na hora de escolher suas coisas para vender na rua.

Imagem 1 - Coisas para vender na rua 22 ideias para fazer uma renda extra
Vender na rua pode ser algo muito lucrativo. Então fique de olho nas ideias a seguir!

Uma dessas dicas é investir em matéria-prima de qualidade.

Isso sem deixar de lado o preço negociável, obtido diretamente com o fornecedor.

Afinal, garantir bons descontos ajuda a aumentar a lucratividade e a continuar vendendo a um preço justo.

Além disso, é preciso buscar outras formas de divulgar o seu negócio.

Um bom plano de marketing faz muito bem.

Hoje, a internet ajuda a se aproximar do seu público e dos potenciais interessados no seu produto.

Se diferencie pela sua qualidade, pela sua reputação e por ser lembrado pelo que faz e oferece.

Conforme o sucesso e o reconhecimento do seu negócio vão se expandindo, você pode investir e ampliar a sua marca, abrindo outras filiais.

Por que não sonhar alto e batalhar pela concretização de suas metas?

Também é possível sair das ruas e começar a desenvolver o seu trabalho dentro de um espaço próprio, favorecendo a evolução do empreendimento.

Nesses casos, caso seja necessário e o seu faturamento tenha suporte para tal, você pode contratar pessoas para ajudar no seu negócio.

Para isso, também é importante estar de acordo com os seus deveres junto à lei e em regularidade junto ao Ministério do Trabalho.

Fique atento à regulamentação para venda na rua

Antes mesmo de pensar no produto que você irá vender, é preciso pesquisar sobre as normas vigentes.

E isso inclui tanto regulamentos federais quanto estaduais e mesmo municipais.

Ou seja, é essencial verificar se a prefeitura faz alguma exigência para que você possa atuar vendendo coisas na rua, como alvará de funcionamento, por exemplo.

O princípio fundamental para começar um negócio que você vislumbra crescimento é iniciar com tudo dentro da lei.

Isso faz toda a diferença na hora de empreender sem precisar ficar fugindo de fiscalização.

É uma tranquilidade que não tem preço.

Portanto, deixo aqui algumas considerações legais importantes para começar com o pé direito:

  • Busque as licenças e alvarás necessários para funcionamento do seu negócio
  • Formalize o seu negócio abrindo um MEI (microempreendedor individual) ou microempresa para poder vender com tranquilidade
  • Se informe sobre os impostos que você precisará recolher antes de começar o seu negócio
  • Se você for atuar no ramo de alimentação, busque aprovação da prefeitura e as autorizações da vigilância sanitária e dos demais departamentos, que se fizerem necessários
  • Confira se o produto que você vai vender precisa de alguma autorização específica. Você pode conseguir essa informação com a prefeitura ou organizadores de eventos e feiras da cidade em que pretende atuar
  • Tenha certeza de que aquilo que você pretende vender é legalizado, pois alguns produtos são restritos em determinados locais
  • Além das regulamentações para o setor alimentício em geral, busque saber se existe alguma regra específica para o que você quer vender ou se não há conflito de interesse e já tenha esse setor “protegido” por outras organizações
  • Verifique se não existem direitos autorais para o produto que você está interessado em vender. Materiais como filmes e músicas, por exemplo, não podem ser vendidos sem autorização. Não pirateie, pois é crime! A menos que você esteja vendendo algo da sua própria autoria ou tenha uma autorização formal do autor.

22 ideias de coisas para vender na rua e fazer uma renda extra

As oportunidades de coisas para vender na rua são muitas.

No entanto, o ambulante deve avaliar o cenário econômico e as possibilidades do mercado em que pretende se estabelecer.

Imagem 2 - Coisas para vender na rua 22 ideias para fazer uma renda extra
São muitas as oportunidades de coisas para vender na rua, descubra a ideia que mais se identifica.

Afinal, não faz muito sentido estabelecer uma barraquinha de crepes com mais dois concorrentes ao seu lado. Não parece uma decisão tão estratégica, não é mesmo?

Além disso, se você está em uma feira sem variedades de alimentos e opta pela venda de doces de pote, embora seja uma boa ideia, atrelar outros produtos salgados, como sanduíches ao cardápio, pode atrair ainda mais clientes.

A mesma ideia também vale para áreas corporativas.

O setor alimentício é muito rico em variedades, mas não se restrinja a ele.

Há  inúmeras outras opções que podem trazer excelentes resultados.

O objetivo aqui está em encontrar coisas para vender na rua que sejam capazes de se diferenciar dentre tantas outras lucrativas e vendáveis.

É um esforço que vale a pena.

Para lhe ajudar nesse desafio, aqui vão algumas ideias.

1. Quitutes e Salgados

O ramo de alimentação é amplo e aí está um boa oportunidade de negócios para quem possui habilidade na cozinha.

O ideal é fazer os salgados e quitutes diariamente para vender um produto fresco na rua.

Além disso, lanches e salgados, quando bem feitos, têm a chance de conquistar o público, pois sempre existe um espacinho para mais uma opção.

Imagem 3 - Coisas para vender na rua 22 ideias para fazer uma renda extra
Doces e guloseimas são umas das várias ideias para realizar vendas nas ruas.

2. Doces e Guloseimas

É difícil encontrar alguém que não goste de degustar um docinho ou guloseima.

Essa é uma boa área de investimento para quem domina a arte de fazer doces.

Dessa forma, se torna um dos produtos para vender mais lucrativos.

É necessário oferecer certa variedade e excelente qualidade nos doces, de modo a agradar a todas as preferências.

Alguns exemplos de doces que fazem a festa e ajudam a lucrar são: brigadeiros, churros, brownies, bolo de pote, etc.

3. Marmitas ou Pratos Prontos

As pessoas que sabem cozinhar podem investir na comercialização de marmitas prontas ou pratos combinados.

Esse é um ramo em expansão, uma vez que há quem precise fazer refeições completas, mas não tem tempo de prepará-las ou mesmo de ir ao restaurante.

Nesses casos, você precisará ter um certo cuidado com a conservação e a validade dos alimentos, para sempre oferecer produto da melhor qualidade.

Mas oferecer esse serviço de alimentação completa pode ser muito lucrativo.

Hoje, já existem pessoas que fazem parcerias com nutricionistas, para definir um cardápio semanal para seus clientes.

São dietas específicas para quem quer perder peso ou manter os níveis de açúcar e sal saudáveis ou ainda que têm alguma intolerância.

Esse pode ser o seu diferencial.

4. Bijuterias

Esses acessórios são sempre bem aceitos pelas mulheres e também homens.

Imagem 4 - Coisas para vender na rua 22 ideias para fazer uma renda extra
O mercado de acessórios atinge ambos os públicos, feminino e masculino, sendo um favorável comércio.

Sim, estamos em um país de vaidosos e isso favorece esse comércio, sem dúvidas.

Se dentre a sua opção de coisas para vender na rua estiverem as bijuterias, você poderá optar por fazer uma curso para aprender a produzi-las.

Também pode recorrer às empresas que as oferecem para venda consignada.

Ou seja, você pega uma determinada quantidade de produtos e só paga por aquilo que vender.

Se você escolher comercializar esse produto, a dica é apresentar variedade, atendendo a todos os gostos, bolsos e estilos.

5. Pano de Prato com Pintura Manual

Qual casa não precisa de um pano de prato, não é mesmo?

Esses produtos são indispensáveis em qualquer cozinha.

Algumas pessoas preferem o item com uma aparência básica, mas também há aqueles que gostam dos acessórios mais elaborados, com desenhos e mensagens.

Portanto, está aí uma boa oportunidade para você criar o seu diferencial em um negócio lucrativo.

6. Artesanato em Madeira ou MDF

Quem possui habilidades manuais ainda pode investir em produzir objetos de madeira ou MDF para obter bons lucros com produtos úteis e decorativos.

Você não precisa produzir nada grandioso, mas pode criar algum mimo que seja útil, sem ser tão caro.

Objetos feitos com capricho costumam adornar os ambientes, oferecendo beleza e elegância.

Alguns objetos que você pode fazer são: porta controle remoto, caixinhas personalizadas para guardar jóias, suporte para chaves, caixa de presentes, entre outros.

7. Sabonetes Caseiros

Um dos produtos mais baratos dentre as coisas para vender na rua são os sabonetes caseiros.

Você pode optar por fabricá-los e, nesse caso, embora tenha mais trabalho, também terá um lucro maior.

Uma opção é comprá-los de terceiros, o que acaba encarecendo um pouco o produto.

No caso da fabricação própria, você pode fazer cursos até pela internet que ensinam como produzir esse produto, aromatizando-o e mantendo uma bela aparência, que é o que mais atrai.

Você também pode pegar encomendas para lembranças, aumentando seu lucro com a venda certa.

8. Chocolates Caseiros

Imagem 5 - Coisas para vender na rua 22 ideias para fazer uma renda extra
Quem não gosta de chocolate? As guloseimas fazem muito sucesso entre as coisas para vender na rua.

Ah, os chocolates! Difícil achar quem não goste deles.

Geralmente, as guloseimas de chocolate fazem sucesso entre a maioria das pessoas, mas o chocolate industrializado pode não ter aquele diferencial que só o caseiro tem.

Quando uma pessoa degusta um chocolate caseiro de qualidade, sem dúvidas percebe o diferencial no sabor.

Portanto, se você souber fazer chocolate caseiro de qualidade, pode encontrar nesse ramo uma excelente oportunidade de negócio entre as coisas para vender na rua.

Apenas fique atento para a conservação do produto em cidades onde a temperatura é muito elevada.

9. Lembrancinhas de Cidades Turísticas ou de Festa

A venda de lembrancinhas da sua região pode atrair turistas.

Da mesma forma, a venda de lembrancinhas de festas e eventos gera muitas encomendas.

Portanto, se você mora em uma cidade turística, pode aproveitar essa oportunidade para investir nesse negócio.

No caso das lembrancinhas de festa, não dá pra negar que as pessoas não vêem preço na hora de investir no aniversário dos filhos ou no próprio casamento.

E se você vender coisas delicadas para colocar nesses eventos, pode lucrar muito.

Além disso, é uma excelente oportunidade de conseguir ainda mais encomendas, através da demonstração do seu produto.

10. Artesanatos Recicláveis

Quem opta e tem dom para o trabalho artesanal pode ir pelo caminho dos recicláveis.

Artesanatos recicláveis de garrafa pet ou de retalhos, como agenda, abajures e demais enfeites, acabam atraindo os olhares de empresas e pessoas que são ligadas a questões ambientais.

Pode ser um nicho muito lucrativo.

Imagem 6 - Coisas para vender na rua 22 ideias para fazer uma renda extra
Mais uma oportunidade de negócio muito lucrativa, a venda de roupas de praia.

11. Roupas de Praia

Se você mora em uma cidade litorânea, nem preciso explorar o potencial desse mercado.

Vender biquínis, sungas e maiôs pode ser uma oportunidade de negócio muito lucrativo.

Além disso, você ainda pode optar pela fabricação própria e explorar o potencial de distribuição da sua marca.

Já pensou?

12. Geladinhos ou Juju

Geladinho tem gosto de infância e quem não gosta dessa boa lembrança, não é mesmo?

Muitas pessoas querem outras opções além dos picolés.

Assim, os geladinhos podem ser uma grande oportunidade para você.

Crianças também adoram, é claro.

13. Picolés Caseiros de Frutas

Mas para quem gosta do tradicional picolé, também existe público.

Você pode fabricar sorvetes artesanais, com ingredientes naturais da sua região, como frutas do cerrado, por exemplo.

Tenha sabores que chamem a atenção.

Eles vão atrair para as próximas comprar pelo sabor inesquecível.

Qualidade faz toda a diferença.

14. Espetinhos Variados

Esse comércio está em alta.

Vender espetinhos na rua é uma opção muito lucrativa até porque você pode trabalhar com uma grande variedade de produtos.

Entre eles, linguiças, kaftas, queijos, pão de alho e até pão de doce de leite (uma variação doce do pão de alho).

Para começar, basta encontrar um local bem movimentado, arrumar umas mesinhas, investir em uma farofinha, que, sem dúvidas, vai fazer muito sucesso.

É um produto muito lucrativo e de fácil aceitação pelo público.

Imagem 7 - Coisas para vender na rua 22 ideias para fazer uma renda extra
A venda de pipocas tradicionais e goumert com qualidade podem lhe trazer muito lucro.

15. Pipoca Tradicional ou Gourmet

Para vender pipoca na rua, você precisa apenas ter um carrinho apropriado e escolher um ponto movimentado para negociar o seu produto.

Se tiver qualidade, sem dúvidas, você vai atrair muitos clientes.

Além da tradicional pipoca salgada com queijo, agora existem as opções gourmet que agregam valor ao produto.

Isso acontece por trazerem sabores mais sofisticados, como doce de leite, leite ninho com nutella, brigadeiro, etc.

Veja qual a demanda da sua cidade e invista nesse sucesso.

16. Lanches e Sanduíches

Vender lanches pode até parecer clichê e você pode encontrar uma certa dificuldade no começo devido à concorrência.

No entanto, para garantir que os seus clientes não venham uma vez só até você, tenha um bom sabor, produtos de qualidade e diferencie o atendimento.

Delivery também ajuda muito.

Além disso, busque trabalhar com um preço competitivo e persista a fim de obter os melhores resultados.

Você pode agregar diversos sabores e outros itens que aumentem o ticket médio no seu negócio, como refrigerante, adicionais, doces, etc.

17. Incensos e Aromatizadores

Esse mercado está cada vez mais ampliado e é uma oportunidade para empreendedores que pretendem abrir desde um negócio no ramo até uma fábrica.

Esse mercado se profissionalizou e cresceu em ritmo acelerado.

Agora, os produtos são até um item de decoração.

Portanto, invista na oportunidade de vender incenso ou essências perfumadas para casa.

Apenas encontre um local que tenha demanda para o seu produto, pois é uma área muito rentável.

18. Capinhas de Celular

O consumidor está cada vez mais interessado nos novos modelos de smartphones.

Isso impulsiona a sua busca por acessórios como películas, capas coloridas, tradicionais e divertidas e até adesivos.

No nosso país, já são mais de 270 milhões de celulares.

Estamos falando de um dos maiores mercados do mundo.

Dessa forma, vale a pena apostar com força e empreender nesse segmento.

19. Vidros de Conserva

O primeiro passo é definir os tipos de produtos que você irá produzir, já que estamos falando de algo que possa ter grande potencial de lucro por ser fabricação própria.

Alguns empreendedores se especializam em picles, ou cebolas, ou salsichas ou até pimentas.

Você pode optar por fazer uma pequena produção com um pouco de cada ou atuar como distribuidor.

Nesse caso, o caminho aponta para uma produção um pouco mais elevada em um único tipo.

Além disso, existem as conservas mistas que tem grande potencial de sucesso.

Imagem 8 - Coisas para vender na rua 22 ideias para fazer uma renda extra
Se você gosta de fazer pinturas, saiba que muitas pessoas pagam caro para ter uma em casa.

20. Pinturas em Tela

A pintura em tela é uma arte que, para muitos, é vista apenas como um hobby.

Mas existem muitas pessoas que pagam (e pagam caro) para ter uma dessas artes decorando as suas casas.

Por isso, você pode ganhar dinheiro com pinturas, vendendo seus quadros na rua.

Caso você queira ampliar suas possibilidades, ainda pode publicar seu trabalho na internet e se fazer visto para atrair ainda mais clientes.

Rentabilize e lucre com o seu talento.

21. Potes Decorados com Biscuit

Potes de vidro não tem muita graça para as donas de casa que preferem ter seus utensílios como peça decorativa.

Nesse caso, potes decorados com biscuit acabam fazendo muito sucesso com esse público.

Um trabalho bem feito é valorizado e reconhecido e não há dona de casa que resista.

Além disso, você pode aprender a fazer biscuit com os tutoriais na internet ou buscando por um curso na sua cidade.

Nesse caso, o diferencial são os detalhes, que fazem toda a diferença.

Quanto mais próximo da realidade suas peças estiverem, mais atraentes serão.

22. Tapioca

Um produto que vem ganhando admiração e conquistando espaço em várias regiões é a tapioca.

E isso se dá principalmente com as restrições da farinha de trigo e do glúten em muitas dietas.

As tapiocas podem substituir refeições e, ainda assim, ajudar a pessoa que está de dieta a se manter na linha.

Você pode buscar por um ponto movimentado, perto de pracinhas, por exemplo, para iniciar o seu negócio lucrativo e rentável.

Só quem já comeu uma boa tapioca, sabe como vale a pena.

Conclusão

Todas essas ideias de negócio têm cases de grande sucesso, pessoas que se destacaram e faturaram muito.

Não significa que o êxito de alguns se transfira automaticamente para você, é claro.

Imagem 9 - Coisas para vender na rua 22 ideias para fazer uma renda extra
Para todo negócio, seja a venda de coisas na rua, também é necessário realizar um plano de negócio, pesquisas de mercado e analisar as demandas de consumo da área escolhida.

Mas é sinal de que o mercado tem espaço para profissionais que queiram fazer a diferença em seus segmentos.

É a chance para empreender com qualidade em coisas para vender na rua.

A princípio, pode até parecer fácil.

Mas somente é possível realizar uma bom investimento e obter lucro após uma pesquisa de mercado e sobre o produto, analisando a demanda que existe para o seu consumo.

Em tempos de instabilidade econômica, é preciso realizar investimentos certeiros.

Não há margem para erros.

Devido à amplitude de possibilidades, o comércio informal cresce cada vez mais e o resultado é o fortalecimento da categoria de empreendedores que escolheram focar em coisas para vender na rua.

Você pode até pensar que isso seja uma grande ilusão.

A desconfiança é compreensível.

Mas a verdade é que muitos estão superando a crise, o desemprego, as demissões e tantas outras dificuldades que prejudicam a estabilidade financeira, através dessa grande oportunidade no mercado.

Enquanto podem te perguntar “porque sim”, eu pergunto: por que não escolher seu segmento de coisas para vender na rua e encontrar o seu caminho de sucesso e lucro?

Oportunidades de negócio, com produtos rentáveis e lucrativos, podem começar pequenas e irem se expandindo pouco a pouco, conforme você obtém os seus primeiros resultados.

No entanto, em nenhum momento, esqueça da importância de fazer uma plano de negócios para que você possa ir cada vez mais longe.

Tenha clareza dos seus objetivos e siga suas metas para ter sucesso no seu empreendimento.

Espero que uma dessas ideias o leve à sua jornada tão sonhada e merecida de prosperidade.

Deixe uma resposta
  1. Muito bom, só que quando se diz em licença pra trabalhar em rua, aqui no Rio de Janeiro pra mim já virou comédia, não sei mais o que fazer já me cadastrei várias vezes tenho curso de manipulação de alimentos e já trabalho no mesmo local há 21 anos, isso mesmo, 21 anos de Domingo a domingo. Trabalho com cachorro quente e hamburgues. Está mais que provado que pelo tempo de serviço sou bem aceito pelos clientes. Sempre estou tentando estar dentro da lei querendo pagar meu alvará, mas, prefeitura nada, ano passado já entrei com mais um projeto, estou com o número de protocolo e nada como sempre..sorte para os que conseguem. Não sei como.

  2. Oi eu faço adesivos artesanais para unhas e jóias de unha
    Tô pensando em vender nas ruas mas
    Tenho vergonha
    Não sei como chegar nas pessoas
    Pensei ficar em um lugar fixo
    Não sei como expor os adesivos
    Estou perdida
    Podem me ajudar
    Agradeço desde de já

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *