Posted in:

Gerenciador financeiro: como essa ferramenta pode ajudar seu negócio

A sua empresa já conta com um gerenciador financeiro?

Essa ferramenta é bastante útil para a maior organização do empreendedor e o melhor controle do dinheiro.

Neste artigo, vamos conhecer as vantagens, custos e opções do mercado.

Você deve estar curioso para saber como um software para gerenciamento financeiro funciona.

Mas antes disso, faça uma reflexão: como tem cuidado do dinheiro da empresa?

Quantas horas por semana você dedica para fazer o fluxo de caixa e analisar seu desempenho?

A verdade é que poucos são os empreendedores que realmente enxergam no controle financeiro a sua real importância.

Especialmente entre aqueles que se aventuram sozinhos no mundo dos negócios, como é o caso do microempreendedor individual.

É um comportamento esperado.

Afinal, entre vender, produzir ou executar um serviço e registrar e monitorar receitas e despesas, quem escolheria a segunda opção?

Isso ajuda a explicar os resultados da pesquisa Diagnóstico Granatum junto a mais de mil empreendedores.

Entre outros resultados, o levantamento identificou que:

  • 51% não fazem qualquer planejamento financeiro
  • 41% não separam as finanças pessoais das empresariais
  • 40% não acompanham os resultados da empresa
  • 34% não sabem quais foram as receitas obtidas com a venda de produtos e serviços
  • 32% não sabem quais são as despesas da empresa.

Ao analisar tais resultados, você se dá conta do que é mais preocupante?

São erros amadores, alguns grosseiros até, como usar o dinheiro que é do negócio como se fosse do empresário.

São por condutas como essas que 15,41% das empresas brasileiras quebram já no primeiro ano de vida.

Conforme dados do Censo das Empresas Brasileiras 2012, divulgado em 2013 pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT).

Como ficar de fora dessas estatísticas tão negativas? Dedicar-se à gestão financeira é um passo decisivo.

Não tem tempo?

A tecnologia facilita tudo para você e um gerenciador financeiro online pode ser a solução ideal para aliar praticidade e agilidade ao seu dia a dia.

Não tem dinheiro?

Se é de um gerenciador financeiro gratuito que você precisa, saiba que não estamos falando de nada impossível.

Siga a leitura deste artigo e, ao final, você terá as informações que necessita para se definir pelo melhor gerenciador financeiro.

E dar uma nova cara à gestão do seu negócio.

Preparado para se profissionalizar como empreendedor?

O que é um gerenciador financeiro para empresas?

Imagem 2 - Gerenciador financeiro como pode ajudar seu negócio
Ter todo o controle do seu negócio sempre a mão é com certeza uma facilidade que pode ajudá-lo a gerenciar melhor as finanças.

Você sabe qual é uma das principais razões para muitos empreendedores deixarem em segundo plano a gestão financeira de suas empresas?

O fato de estarem presos ao passado.

Sim, é verdade.

Na prática, muitas vezes, os poucos controles adotados são manuais, nada práticos, entediantes e morosos.

Você pega o papel para anotar uma entrada no caixa e não se sente motivado a fazê-lo.

Registra a primeira, na segunda se sente cansado, a terceira deixa para depois e a quarta é esquecida.

Depois de um tempo, ouve falar da planilha eletrônica.

O recurso é interessante e um pouco mais prático, pois abandona o papel e substitui a caneta pelo teclado do computador.

Tem também o benefício do cálculo automático dos valores, o que é feito a partir de fórmulas aplicadas no Excel ou Google Drive.

Mas aos poucos você percebe que ainda não é o ideal.

Conforme adquire conhecimento e se dedica ao controle, vê que precisa de algo mais moderno, fácil, rápido e que mereça ser chamado de solução.

Pois resolve a sua necessidade. É aí que entra o gerenciador financeiro, uma ferramenta valiosa para ajudar na administração das finanças do seu negócio.

Estamos falando de um software de funcionamento online.

Que pode ser acessado tanto pelo computador como por dispositivos móveis, via aplicativos para celular ou tablet.

Seu diferencial está na tecnologia.

A qual permite automatizar uma série de tarefas rotineiras necessárias para a manutenção da saúde financeira de um negócio.

Entre outras funções, a ferramenta permite o acompanhamento da situação completa da empresa.

Através dela, é possível monitorar receitas e despesas, verificar o comportamento do saldo, gerenciar cobranças, recebimentos e pagamentos.

É verdadeiramente uma solução de controle financeiro empresarial.

Pois organiza as informações, oferece diagnósticos precisos e garante a segurança e a privacidade dos dados.

Ao utilizar um gerenciador financeiro, fica mais fácil abrir os olhos para a realidade da empresa e tomar decisões de forma mais assertiva.

Sobre esse aspecto, vale destacar uma frase de Franklin Filgueira.

Especialista em finanças, que afirmou em palestra realizada em 2015 pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Ceará (Sebrae-CE):

“O financeiro é muito mais o termômetro do que o motor na empresa. Revela o que acontece na empresa.

Por isso, é uma ferramenta importante para alertar aos outros setores se a empresa vai bem ou não”, disse ele na oportunidade.

Imagine estar com a ideia de investir na empresa, seja na sua expansão ou no lançamento de um novo produto ou serviço, sem saber que o momento é crítico do ponto de vista financeiro?

Nesse cenário, o correto seria promover ajustes, reduzir despesas e sair do vermelho.

Mas como você iria descobrir isso se não consegue se dedicar ao controle das finanças na empresa?

Um software de gerenciamento pode fazer isso por você.

Entenda por que automatizar a organização do negócio ajuda no controle financeiro

Imagem 3.1 - Gerenciador financeiro como pode ajudar seu negócio
Controlar em tempo real os pagamentos e recebimentos, verificar saldo e acompanhar o resultado do seu caixa. Com todas essas informações mais acessíveis, fica muito mais fácil cuidar do negócio!

No tópico anterior, apresentamos uma situação hipotética que ajuda a entender como um gerenciador ajuda no controle financeiro.

Mas vamos um pouco além e conhecer mais razões para você automatizar algumas de suas tarefas de gestão hoje mesmo.

Pagamentos

Sabe aquele serviço que você contratou e que ficou acertado o pagamento em cinco parcelas?

Quando você pagou as duas primeiras?

Qual é a data de vencimento da próxima?

Haverá dinheiro em caixa para cumprir com o compromisso assumido?

Não se assuste com tantas perguntas. A automatização do processo descomplica tudo para você.

É só pegar seu celular, acessar o gerenciador e conferir na seção de pagamentos.

Você encontrará todas as informações sobre aqueles já realizados e as contas a vencer.

Com esse nível de organização, nunca mais será preciso arcar com juros e multas por perder uma data de vencimento.

Recebimentos

Você fechou uma venda, mas não lembra se cobrou o cliente.

São tantas coisas para pensar ao mesmo tempo e isso pode acontecer.

Você acha que emitiu um boleto, mas não tem certeza. Vamos acabar com qualquer dúvida?

No computador, tablet ou celular, você pode consultar a situação dos seus recebimentos.

Graças à automatização do processo, a ação realizada (como a emissão do boleto) fica registrada e o seu pagamento pendente.

Quando o dinheiro entrar na conta, o status é atualizado automaticamente.

Uma maravilha, não é mesmo?

Diga adeus ao descontrole da inadimplência.

Se o cliente atrasar, você não irá demorar nada para descobrir.

Assim, poderá tomar as medidas necessárias em tempo.

Saldo

No dia a dia, dependendo da atividade exercida, o seu caixa pode estar em movimento constante.

Quando isso acontece, pode ser difícil ter acesso rápido ao saldo disponível, se for necessário.

Afinal, se o controle for manual, os cálculos também serão.

Ao adotar uma ferramenta automatizada, o saldo vai sendo atualizado sem a sua intervenção, sempre que uma nova movimentação é registrada no caixa.

Com um gerenciador financeiro online, não tem mais aquela história de:

observar o valor e pegar a calculadora para descontar as últimas despesas e, assim, descobrir o saldo atualizado. É tudo bastante prático.

Resultados do caixa

A análise gráfica é um dos principais instrumentos disponibilizados por um gerenciador.

Esse tipo de representação torna mais clara a informação sobre o comportamento financeiro da empresa.

O mais básico dos elementos é o gráfico em linhas, uma delas representando as entradas no caixa e outro as saídas.

Ao aplicá-lo em um determinado período, é possível identificar se o cenário é positivo e demanda afirmação ou negativo e exige correções.

Quando você conta com uma ferramenta de gerenciamento online, esse tipo de análise é construído automaticamente a partir dos dados disponíveis no sistema.

Ou seja, conforme são registradas receitas e despesas, é possível gerar novos gráficos.

A visualização do elemento resulta em uma das melhores maneiras de compreender o momento da empresa e de projetar seu futuro, tomando decisões com base em informações precisas.

Quais os benefícios para o seu negócio?

Imagem 4 - Gerenciador financeiro como pode ajudar seu negócio
Com toda certeza, a economia do seu precioso tempo e o maior controle sobre seu negócio são as grandes vantagens destas ferramentas.

Agora, já sabemos como um gerenciador financeiro online funciona.

Conhecemos algumas de suas aplicações e descobrimos como a automatização de processos pode ser útil para as tarefas rotineiras do administrador.

Mas ainda não detalhamos os principais benefícios da ferramenta para o seu negócio.

Vamos conhecê-los melhor?

Melhor organização

Sabe aquela despesa pequena que você anotou em algum lugar do caderninho, só não lembra onde e nem o valor envolvido?

O gerenciador coloca ordem na vida financeira da sua empresa e todos os dados ficam no seu devido lugar.

Maior controle

Quanto mais organizadas estão as informações, mais acessíveis elas se tornam.

A junção desses dois fatores qualifica o controle, pois tudo se torna claro e nada escapa do seu radar.

Gestão facilitada

A ferramenta existe para descomplicar a vida do empreendedor.

Mesmo quem nada entende de números e cálculos pode manusear um gerenciador financeiro empresarial, pois ele é bastante intuitivo.

Outro bom exemplo de ferramenta que facilita a vida do empreendedor são os softwares ERP. Ferramentas que permitem a melhor gestão  e controle das tarefas do seu negócio.

Economia de tempo

Como torna mais fácil a realização de tarefas de gestão financeira, o gerenciador permite acompanhar o negócio sem resultar em perda de tempo com isso.

A ferramenta se integra à sua rotina e você nem sente, pois nenhuma outra atividade é afetada.

Aumento da mobilidade

Esse benefício é especialmente importante para o empreendedor em movimento, aquele que não trabalha em um só lugar, como um consultor.

Através de um gerenciador, onde você estiver, é possível checar rapidamente a informação financeira que necessita.

Ganho em segurança

Armazenada na nuvem, as suas informações financeiras ficam protegidas de olhares curiosos e mal intencionados.

Só você tem acesso, só você atualiza os dados e ninguém poderá utilizá-lo para fins prejudiciais ao seu negócio.

Ainda no aspecto segurança, vale destacar que não existe a possibilidade de perder informações em virtude de um arquivo ser corrompido, por exemplo.

Já que ele não existe fisicamente no seu dispositivo.

E os custos?

Imagem 5 - Gerenciador financeiro como pode ajudar seu negócio
O custo de um gerenciador financeiro é uma questão importante, mas não a mais essencial! Antes disso, preocupe-se em encontrar  uma solução que atenda as suas reais necessidades.

Um possível foco da resistência de empreendedores a uma gestão mais moderna pode estar no preço.

Afinal, em pequenos negócios, todo gasto deve ser muito bem planejado, ainda que se trate de um investimento, como é o caso de uma ferramenta de gerenciamento.

Será que custa caro? Há planos mais acessíveis?

Consigo arcar com esse valor mensal?

Vale a pena para um MEI fazer esse investimento ou se trata de um luxo?

Se a sua preocupação é com um possível gasto, fique tranquilo.

Há opções de gerenciador financeiro para todos os bolsos – e isso inclui empresas de orçamento bastante apertado.

Como regra geral, o preço varia conforme o número de funcionalidades oferecidas. Inclusive, há boas opções a custo zero.

É isso mesmo: estamos falando de uma ferramenta totalmente gratuita.

Então, antes de pensar em quanto um gerenciador financeiro vai lhe custar, preocupe-se em identificar para quais demandas em seu negócio ele será útil.

As formas de utilização que citamos até aqui são parte de um pacote básico e costumam estar presentes em qualquer que seja o modelo escolhido.

Precisa de mais? Do que exatamente você necessita?

Emissão de boletos, fluxo de caixa, conciliação bancária, integração contábil e relatórios gerenciais são algumas das possibilidades.

Planejamento financeiro e acompanhamento de metas também podem estar entre os recursos.

Aliás, planejar o negócio é uma das primeiras etapas da gestão financeira, conforme destaca neste vídeo  o CEO da ContaAzul, Vinícius Roveda.

Ainda que tudo isso e mais um pouco seja oferecido, a concorrência neste mercado é acirrada, o que resulta em vantagens aos empreendedores.

Ou seja, a solução perfeita para a sua empresa pode custar pouco, quase nada.

O que levar em consideração na hora de escolher um gerenciador financeiro?

Imagem 6 - Gerenciador financeiro como pode ajudar seu negócio
Com o avanço da tecnologia, cada vez mais essas ferramentas oferecem um leque ampliado de soluções. Mas do que você realmente precisa? O que é importante para você? Se faça essas perguntas antes de fazer sua escolha.

A primeira dica para acertar na escolha de um gerenciador financeiro você já teve no tópico anterior: conhecer a sua necessidade.

Mas há outras recomendações que vão lhe dar mais segurança para definir com qual ferramenta contar.

Antes de partir para a pesquisa e sondar as opções no mercado, construa uma espécie de check list.

Definindo quais recursos o software necessariamente precisa oferecer e que benefícios adicionais são relevantes para o seu dia a dia.

Para essa etapa, é válido se fazer algumas perguntas:

Ele precisa ser barato?

Você conhece seus custos melhor do que ninguém, ou deveria conhecer.

Então, defina um valor mensal que você possa destinar para esse investimento.

A ferramenta deve ser fácil de usar?

Priorize gerenciadores financeiros que tenham um visual limpo, com botões e atalhos claros, que empreguem maior eficiência e celeridade aos processo.

Você usa bastante o celular?

Para quem se desloca bastante, é essencial que as funcionalidades possam ser acessadas rapidamente, mesmo em áreas com conexão mais lenta e limitada.

A segurança é primordial?

Verifique quais soluções a ferramenta oferece para a proteção de seus dados.

O armazenamento na nuvem é condição básica para garantir que nada importante se perca.

Você quer declarar o fim do papel?

Seu gerenciador precisa ter funcionamento online.

Nada de escolher uma opção que ainda exija o arquivamento físico de documentos.

Ao identificar aquilo que considera como mais importante para qualificar a sua atuação como gestor, ficará mais fácil encontrar a solução adequada pelo preço que pode pagar.

Por que investir em um software de gestão financeira?

Imagem 7 - Gerenciador financeiro como pode ajudar seu negócio
Nosso palpite para a pergunta é: porque você vai ter mais tempo para cuidar de outras questões importantes, simplificará sua gestão e profissionalizará seu negócio.

Até aqui, vimos que um gerenciador financeiro tem benefícios e não precisa custar caro.

Também conferimos algumas dicas para acertar na escolha do sistema que melhor atende às suas necessidades.

Mas você já está convencido da necessidade de contar com um software de gestão financeira?

Conheça quatro razões definitivas para fazer esse investimento:

1. Para sair do amadorismo

Você lembra daqueles dados que apresentamos no início do texto, revelando o desconhecimento e até amadorismo de empreendedores na gestão financeira?

Para acabar com erros infantis, nada melhor do que ter ao seu lado uma ferramenta tão prática quanto um gerenciador.

Com ele, fica facilitada a sua necessidade de conhecer receitas e despesas e cresce a chance de não mais misturar as finanças.

Essa, aliás, é uma das seis dicas para salvar uma empresa deste vídeo do Instituto Montanari.

2. Para ser um gestor profissional

Vencida a etapa do amadorismo, o próximo passo é se tornar um profissional na gestão financeira.

E isso depende de demonstrar controle e organização sobre o dinheiro da empresa.

Pode não ser um caminho fácil, mas um gerenciador financeiro oferece um atalho.

Ele ajuda a quitar as contas dentro do prazo, a administrar os recebimentos e a dominar o fluxo de caixa.

Usado no dia a dia, o instrumento faz tudo parecer mais fácil.

3. Para ser mais eficiente e produtivo

O fluxo de caixa, sobre o qual acabamos de falar, é mais que uma necessidade, é uma obrigação do empreendedor.

Ou você faz, ou empreende no escuro, sem saber para que direção está indo.

Com o auxílio de um gerenciador financeiro, você não só cumpre essa missão de forma rápida, como também qualifica a sua realização.

É um ganho em eficiência e produtividade proporcionado pela tecnologia.

4. Para fazer seu negócio crescer

Erros fazem parte do aprendizado.

São eles que permitem ao empreendedor construir uma base sólida e, a partir dela, pavimentar o crescimento do negócio.

Conforme as falhas iniciais no controle financeiro são compreendidas e contornadas, a empresa vai adquirindo maturidade e seus processo se tornam mais precisos.

De tudo isso, uma consequência esperada é uma melhoria no desempenho financeiro.

Faturando mais e gastando menos, seu negócio está pronto para decolar.

Conheça 7 ferramentas incríveis para fazer a gestão financeira do seu negócio

Imagem 8 - Gerenciador financeiro como pode ajudar seu negócio
A conta.MOBI é uma das excelentes opções disponíveis no mercado. Totalmente focada no empreendedor, oferece além das soluções comuns, ferramentas exclusivas.

Estamos chegando ao final do artigo e você tem quase tudo o que precisa para ter um gerenciador financeiro auxiliando-o no comando da sua empresa.

Falta só se definir por um deles.

Ao buscar uma ferramenta com essa função no mercado, você encontrará opções variadas.

Vamos relacionar sete delas agora.

Não é uma lista definitiva, tampouco elege as melhores tecnologias disponíveis.

Mas certamente representa um ponto de partida para você revolucionar a sua gestão.

ContaAzul

Sistema de gestão online, realiza o controle financeiro completo.

Integra vendas e estoque, emite nota fiscal eletrônica e também boletos.

Pode ser testado gratuitamente por três dias. Tem planos a partir de R$ 39,00.

Meu Negócio em Dia

Voltado especialmente o MEI, o aplicativo gratuito organiza as finanças da empresa e analisa receitas e despesas por gráficos e indicadores.

Possui ainda uma calculadora para comparar custos e um simulador de sonhos para planejar o negócio estrategicamente.

Ele foi desenvolvido em parceria entre a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e o Sebrae.

Qipu

Outro app grátis tem funcionalidades variadas de gestão financeira.

Como conciliação bancária, fluxo de caixa, emissão de Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) e análise gráfica de despesas e de controle de vendas.

O aplicativo foi criado pelo Sebrae em parceria com a Buscapé Company.

conta.MOBI

Conta digital que pode ser gerenciada tanto pelo computador como por aplicativo em dispositivos móveis.

Agrega uma série de recursos de gerenciamento financeiro, como saldo e extrato, pagamentos e recebimentos, fluxo de caixa, emissão de boletos e recibo de vendas.

Também possibilita o cadastramento de clientes e a elaboração de planejamento para alcance de determinada meta, além do suporte através de uma rede de contadores credenciados.

A adesão é grátis e oferece plano sem mensalidade, econômico (R$ 3,90 por mês) ou profissional (R$ 9,90/mês)

Superlógica

Sistema de gestão para empresas de serviço recorrente, é especializado em serviços de assinaturas, condomínios, cursos, imobiliárias e comunicação visual.

Oferece controle financeiro completo, recebimentos por boleto e cartão de crédito, emissão de nota fiscal eletrônica de produto e de serviços e integração contábil.

Possui a possibilidade de testar gratuitamente e planos a partir de R$ 195,00 mensais.

Organizze

Gerenciador financeiro para empresas que funciona no navegador e por aplicativo.

Organiza contas a pagar e a receber, fluxo de caixa, conciliação bancária, cadastro de clientes e fornecedores, emite nota fiscal de serviços e propostas comerciais.

Oferece a possibilidade de testar gratuitamente por 30 dias. Tem planos a partir de R$ 39,20 por mês.

Nibo

Outro sistema de gestão com proposta de serviços completos.

Realiza fluxo de caixa com relatórios interativos e projeção, emissão de nota fiscal de serviços e de boletos, conciliação bancária, integração contábil e gestão de contas a pagar e a receber.

Tem ainda gestão de documentos e de funcionários.

Permite o teste grátis por até 7 dias e tem valores a partir de R$ 69,00 ao mês.

Conclusão

Imagem 9 - Gerenciador financeiro como pode ajudar seu negócio
Não se engane! Para fazer seu negócio crescer e prosperar, você precisa lançar mão de soluções que facilite o seu dia a dia agitado de empreendedor. Aposte em um gestor financeiro e profissionalize seu negócio!

A gestão financeira não é exatamente um dom ou vocação.

Você não nasce sabendo e não se torna um hábil gestor do dia para a noite.

Tal conquista é resultado de estudo, dedicação e prática.

Pode tomar tempo, haver obstáculos, mas seu negócio merece esse esforço.

Como vimos neste artigo, quando o empreendedor usa as ferramentas certas, o caminho para o sucesso é abreviado.

Então, se você quer crescer e ver a sua ideia prosperar, precisa contar com algum tipo de gerenciador financeiro.

O tamanho do seu negócio e as demandas que ele gera é que irão determinar qual será o sistema adotado e que funções ele precisa ter.

Se a proposta parece interessante, teste. Se o custo está adequado, experimente.

E se é grátis e perfeito para a sua empresa, mergulhe de cabeça nessa ideia.

Ao concluir a leitura, você já tem o que precisa para avançar para uma gestão mais profissional.

Agora, é colocar a sua estratégia em prática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *