Posted in:

Máquina de cartão de crédito para autônomo: conheça as opções disponíveis no mercado

Máquina de cartão de crédito para autônomo: conheça as opções disponíveis no mercado

Procurando uma máquina de cartão de crédito para autônomo?

O mercado oferece algumas boas opções.

Entre todas elas, qual a melhor máquina de cartão, aquela que mais combina com seu negócio e melhor atende às suas necessidades?

Neste artigo, vamos ajudar você a tomar essa decisão.

Aliás, se você tem dúvidas quanto à possibilidade de aquisição de uma máquina de cartão de crédito para pessoa física, prepara-se para boas notícias.

Ter essa tecnologia disponível pode ser o que faltava para o seu projeto decolar de vez.

Afinal, cliente satisfeito é aquele que encontra o meio de pagamento preferido, concorda?

Com uma máquina de cartão de crédito e débito na mão e uma ideia na cabeça é possível iniciar um negócio ou impulsioná-lo.

Sim, a expansão tecnológica da humanidade permite que você leve consigo uma maquininha.

Ela será sua aliada aonde seu empreendimento o levar.

Você pode estar em uma feira de negócios, ser um representante comercial ou, ainda, ter uma pequena loja.

Em todas as situações, uma máquina de cartão de crédito móvel é uma solução e tanto.

As maquininhas vieram para ficar e estão ao alcance de todos.

Com ou sem fio.

Não importa se você é pessoa física, autônomo ou um empresário com bastante tempo de atuação no mercado.

Apresentando alguns documentos, é possível contratar um dos serviços disponíveis na praça.

Inclusive, pode adquirir uma máquina de cartão sem aluguel, nem mensalidade.

Em alguns casos, nem conta bancária é necessário para contratar o serviço.

Já pensou em como fazer uso de tantas vantagens?

Com essa ferramenta, você oferece ao cliente a possibilidade tanto de pagar à vista quanto a prazo, tudo eletronicamente e sem envolver dinheiro vivo.

É segurança, praticidade, flexibilidade e muito mais benefícios.

Neste artigo, vou esclarecer ao profissional autônomo como usar máquina de cartão de crédito.

Também estimar o custo da ferramenta e dar dicas para escolher o melhor equipamento.

Ao final da leitura, acredito que você terá todas as informações que precisa para se decidir pelo modelo de máquina de cartão mais adequado ao seu negócio.

Vamos lá?

Autônomo pode comprar máquina de cartão de crédito?

Imagem 2 - Máquina de cartão de crédito para autônomo conheça as opções disponíveis no mercado
Sabia que mesmo que você, autônomo, não possua um CNPJ pode ter uma máquina de cartão para receber suas vendas?!

Sim, o autônomo pode adquirir a máquina de cartão de crédito, ainda que não esteja formalizado e não possua CNPJ.

Não é que exista uma máquina de cartão de crédito para autônomo específica, só para ele.

Mas existem empresas no mercado que pedem documentação básica para o cadastro desse profissional.

Qual é ela?

Registro da profissão no órgão responsável ou algum tipo de autorização para desenvolver sua atividade, de acordo com a legislação local.

Normalmente, é exigida a conta bancária do autônomo.

Mas nem sempre.

E aí que pode estar o pulo do gato para você e seu negócio.

Já é possível manter uma máquina de cartão apenas com uma conta digital da própria empresa contratada para o fornecimento do aparelho.

Nunca ouviu falar?

Não se preocupe, pois estamos no início dessa jornada em busca da melhor máquina de cartão de crédito para autônomo.

Quais os benefícios para o autônomo de ter uma máquina de cartão de crédito

Imagem 3 - Máquina de cartão de crédito para autônomo conheça as opções disponíveis no mercado
Para quem deseja aumentar as vendas e fidelizar clientes, oferecer a máquina de cartão como opção de pagamento é indispensável.

Ter uma máquina de cartão de crédito para autônomo à mão ou no balcão significa acesso a milhões de consumidores Brasil afora.

Já pensou a respeito?

Os números não deixam mentir.

De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Cartões de Crédito, o setor cresceu 7,5% em 2017.

Só no terceiro trimestre do ano passado, foram movimentados R$ 308 bilhões em compras.

Aliás, ano após ano, mais e mais brasileiros preferem usar o chamado dinheiro de plástico.

Os cartões de débito e crédito são o meio de pagamento mais utilizado atualmente no país.

A possibilidade do parcelamento nos cartões, que já vêm com um limite aprovado, criou uma nova cultura de consumo entre os brasileiros.

Agora, pergunto: quantas vezes você deixou de fechar um negócio por não ter uma maquininha?

Pois é, o uso desse meio de pagamento traz vários benefícios para o seu negócio, como o aumento no faturamento e a possibilidade de antecipação de valores.

Além, é claro, de facilitar a vida do cliente com o parcelamento das suas compras.

E fica quando melhor quando a opção é por uma máquina de cartão de crédito para autônomo, que considera as suas necessidades.

Prepare-se, pois seu negócio pode (e vai) mudar de status.

Quais as máquinas de cartão de crédito para autônomo disponíveis no mercado?

Imagem 4 - Máquina de cartão de crédito para autônomo conheça as opções disponíveis no mercado
O que não falta no mercado são opções de máquina de cartão para autônomos, mas qual a mais indicada para você?!

Para ajudar você a entender este mercado, vamos falar um pouco sobre as principais opções de máquina de cartão de crédito para autônomo.

Vou trazer informações sobre o funcionamento e tarifas de cada uma delas.

Confira!

Cielo

A Cielo é a maior empresa do setor e líder do mercado de aluguel de máquinas de cartão de crédito e débito.

Para tanto, a empresa disponibiliza vários modelos.

Tem a máquina com fio, tradicional, pode ser alugada mediante taxa de R$ 89,00 e mensalidade a partir de R$ 119,00.

Tem também os aparelhos sem fio, que funcionam via Wi-Fi ou 3G, para os quais cobra mensalidades a partir de R$ 169,90.

Existem ainda outros modelos, como a Cielo Mobile, mais popular, com preços a partir de R$ 32,00 na taxa de adesão e por R$ 9,90 o aluguel.

A máquina de cartão Cielo Móvel é alugada após o pagamento de taxa de inscrição de R$ 89,00.

O contrato estabelece mensalidades a partir de R$ 114,00.

O pacote inclui a entrega de bobinas (para a máquina tradicional), materiais de sinalização, suporte técnico e manutenção.

A Cielo aceita um grande número de bandeiras de crédito e de débito (cerca de 30 operadoras).

Já as taxas sobre vendas realizadas, em geral, são cobradas da seguinte forma:

  • Débito: a partir de 2,70% e 1 dia útil para receber
  • Crédito à vista: a partir de 4% e 31 dias para receber
  • Crédito parcelado: a partir de 4,75% (1 a 3 vezes); 5% (4 a 6 vezes); 5,5% (7 a 12 vezes).

PagSeguro

A PagSeguro, do grupo UOL, oferece duas maquininhas: a Moderninha, nas versões PRO e Wi-fi, e a Minizinha.

Os modelos de Moderninha dispensam o uso de celular ou tablet, pois já vem com chip próprio e pacote de dados.

As máquinas aceitam diversas bandeiras de crédito e débito (Visa, Mastercard, Elo, Hipercard, Hiper, Diners, American Express, Cabal) e alguns tipos de cartão-refeição.

A Moderninha Pro custa R$ 838,80 à vista (12 x R$69,90).

Já a Moderninha Wi-fi pode ser adquirida por R$ 478,80 (12 x R$ 39,90).

A Minizinha, mais popular, custa R$ 118,90, ou 12x R$ 9,90.

Esse modelo funciona, necessariamente, em conexão bluetooth com o celular.

As taxas pós-vendas cobradas pelas Moderninhas são as seguintes:

  • Crédito à vista: 3,19% a 3,59%
  • Crédito à prazo: 3,79% a 4,19%
  • Débito: 2,39%.

Já a Minizinha cobra assim:

  • Crédito à vista: 3,19%
  • Crédito à prazo: 3,79%
  • Débito: 2,39%.

SumUp

Outra empresa de maquininha que promete resolver a vida do empreendedor, seja ele autônomo ou não, é a SumUp.

A empresa oferece dois modelos: a Super e a Top.

A Super custa R$ 478,80 (ou 12 x R$ 39,90) e dispensa o uso do celular, assim como  a Moderninha.

Já a Top custa R$ 118,80 e pode ter a sua aquisição parcelada em até 12 vezes.

As taxas cobradas pela SumUp no pós-venda são as seguintes:

  • Débito: 2,30% (2 dias úteis para receber)
  • Crédito: 4,60% à vista (plano acelerado) ou 3,10% no plano econômico.

Há variação de juros no crédito parcelado e prazos de recebimento de acordo com o plano escolhido.

Payleven

Outra marca que vem abrindo espaço no mercado é a Payleven.

As maquininhas da empresa funcionam todas via bluetooth.

A Payleven Mais custa R$ 118,80, ou 12 x R$ 9,90.

A versão Lite é mais cara: R$ 358,80 (12 x R$ 29,90).

A Payleven promete entregar o dinheiro de suas vendas em dois dias úteis, no cartão pré-pago próprio.

Suas taxas são as seguintes:

  • Débito: 2,49%
  • Crédito: 4,19%
  • Crédito parcelado: +2,49%por parcela.

Conta.MOBI

A conta.MOBI foi criada para atender profissionais autônomos, microempreendedores individuais (MEIs) e pequenos e médios empresários.

Na aquisição da maquininha, o empreendedor ganha o direito a utilizar uma conta digital gratuita, que oferece ainda suporte contábil.

A maquininha da conta.MOBI custa R$ 199,00 à vista.

Funciona com bluetooth conectado ao celular.

A conta.MOBI cobra taxas pós-vendas similares às demais concorrentes.

Veja:

  • Taxa de transação no débito: 2,49%
  • Taxa de transação no crédito (Mastercard e Visa): 4,99%
  • Taxa de transação no crédito parcelado (Mastercard e Visa): 4,99% + 1,99% por parcela
  • Taxa de transação no crédito (Demais bandeiras): 5,59%
  • Taxa de transação no crédito parcelado (Demais bandeiras): 5,59% + 1,99% por parcela.

A conta.MOBI aceita os principais cartões do mercado: MasterCard, Visa (débito e crédito), Amex, Diners, Elo, Hipercard (crédito).

Como saber qual das opções acima é a melhor para um autônomo?

Imagem 5 - Máquina de cartão de crédito para autônomo conheça as opções disponíveis no mercado
Um ponto importante a se analisar ao escolher uma máquina de cartão é se você precisará pagar aluguel ou se é possível comprá-la.

E agora?

Qual das opções de máquina de cartão de crédito para autônomo é a melhor para você?

Com tantas informações, pode até ficar um pouco difícil decidir, mas vou ajudar você nesse desafio.

Bem, se você está começando um negócio e está se formalizando ou investindo no seu empreendimento, a ordem é economizar, certo?

Cada centavo é importante, seja em épocas de crise ou não.

Por aí já é possível descartar as opções mais caras de maquininhas.

Pagar aluguel caro e ainda não ser dono do aparelho não dá, não é?

Outro ponto de atenção:

Grandes empresas, como a Cielo, submetem o cliente a uma análise cadastral que vai verificar seu faturamento médio.

Em outras palavras, o quanto você ganha pode influenciar no pagamento das taxas pós-vendas.

Repare nas propagandas.

Quando ler ou ouvir as palavrinhas “a partir de”, redobre a atenção.

Já se a sua escolha é por comprar uma maquininha, fique de olho no preço.

Alguns modelos são bem caros.

E há aparelhos que são grandes e bem pesadinhos.

Isso pode atrapalhar a agilidade na hora da transação.

Além disso, sempre há que se valorizar o aspecto portátil, quando o aparelho o oferece.

Se a sua atividade se favorece dessa característica e precisa levar a maquininha para todo lugar, aí não dá para escolher aquelas que dependem da conexão por fio à rede elétrica e telefônica.

Bem, mas se a questão é só preço, escolher a opção mais barata resolve o problema, correto?

Aí é que mora o perigo.

Algumas maquininhas são bem baratinhas.

Outras cobram um pouquinho menos nas taxas pós-vendas.

Coisa de centavos.

Se você tiver um volume razoável de vendas pode gerar uma diferença de algumas dezenas de reais ao fim de um ano.

Talvez uma centena, dependendo do plano.

Nada significativo, não é mesmo?

E aí você acaba escolhendo a marca por causa de uma economia muito pequena ou porque gostou do garoto-propaganda do comercial que viu na televisão.

Acontece que, das opções acima, apenas uma oferece mais do que uma maquininha.

Você prestou atenção?

Viu qual tem soluções completas para quem tem um negócio a gerenciar?

Por que a conta.MOBI é a melhor

Imagem 6 - Máquina de cartão de crédito para autônomo conheça as opções disponíveis no mercado
A conta.MOBI é uma conta de recebimentos e pagamentos que oferece diversas opções para você receber fácil pelas vendas, como por exemplo, a maquininha.

A conta.MOBI oferece o suporte e o gerenciamento da vida financeira do seu negócio.

Ela assim o faz através da disponibilidade de serviços exclusivos, que nenhuma outra concorrente do mercado pode dar a você.

Simplesmente porque a única opção voltada para a sua realidade é a da conta.MOBI.

É a verdadeira máquina de cartão de crédito para autônomo.

Vamos entender por quê?

A quase totalidade do mercado exige que você tenha uma conta bancária.

A conta.MOBI, ao contrário disso, te oferece uma conta digital.

Pela conta digital, sua empresa tem direito a um cartão de débito com a bandeira Visa.

Você deixa de ser refém do banco.

E passa a gerenciar suas vendas pelo aplicativo da conta digital.

Tudo fácil, na palma da mão.

Se tiver algum problema ou dúvida, você vai entrar em contato com os Contadores do Bem, que vão te passar orientações profissionais gratuitamente.

Duvida? Olha aqui.

Essa é a diferença entre quem quer te dar uma assessoria completa e aqueles que só querem vender seus aparelhos.

6 pontos que um autônomo deve considerar na hora de escolher a máquina de cartão

Imagem 7 - Máquina de cartão de crédito para autônomos conheça as opções disponíveis no mercado
Com tanta opções disponível, qual escolher? Confira estes 6 pontos que você não pode deixar de se atentar!

Agora que você entendeu que o mercado das maquininhas apresenta bastante diferença entre seus produtos, vamos avançar.

Elenco agora seis pontos importantes, que um autônomo deve considerar na hora de escolher este produto.

Veja como o check list decisivo para ter a sua máquina de cartão de crédito para autônomo.

1. Faturamento x taxas

Quanto você fatura anualmente com a venda de produtos ou serviços?

Você precisa conhecer a fundo quanto ganha para negociar as melhores taxas com as empresas de maquininha.

Em alguns casos, as taxas são fixas.

Mas há empresas que não anunciam todas as suas taxas na propaganda e depois propõem taxas adicionais de acordo com seu faturamento.

Fique atento!

2. Aluguel x aquisição

Em média, a aquisição da máquina sem mensalidade custa um pouco mais do que a taxa de adesão do equipamento tradicional.

Por outro lado, você não paga aluguel e o equipamento é seu.

É uma despesa a menos para o seu negócio, o que é sempre importante.

Agora, se você é profissional autônomo, microempreendedor individual (MEI) ou microempresário que não tem grande volume mensal de transações, fica ainda mais claro.

A economia que resulta ao aderir a uma maquininha sem mensalidade é certa – e necessária.

As taxas de transação do cartão sem aluguel são levemente superiores às do cartão tradicional, mas a ausência da mensalidade compensa a diferença.

Se você alugar uma máquina, todos os meses, terá uma despesa certa, não importa se teve vendas.

Já se a maquininha for sua, isso não acontece.

Só paga se vender.

3. Um só produto x mais serviços e funcionalidades

Dependendo da empresa contratada, você não compra apenas uma máquina de cartão, mas uma carteira de produtos e serviços.

É exatamente isso.

Além das vendas no cartão, é possível garantir descontos, promoções, prêmios, emissões de boletos e outras funcionalidades.

É tudo aquilo que seu negócio precisa para decolar.

4. Burocracia x profissionalização

Embora algumas empresas exijam vários comprovantes e até conta bancária, adquirir a maquininha requer menos burocracia do que você pensa.

A posse de um aparelho moderno e de fácil uso vai ajudar o seu projeto de formalização como um microempreendedor individual ou microempresário.

Conforme oferece essa possibilidade ao cliente, você já adquire outro status, muito mais profissional.

5. Dispersão x gestão financeira

Ao adquirir uma solução que integra o uso da maquininha sem aluguel com outros produtos e serviços, você aperfeiçoa o gerenciamento do seu negócio.

Sabe qual é a consequência disso?

Você foca seu esforço em outras atividades.

6. Tecnologia x praticidade

Defina como você vai usar seu aparelho.

Equipamentos convencionais podem limitar sua atuação.

Aparelhos mais modernos podem ser mais caros.

É possível conciliar o uso de um aparelho portátil e econômico com a infraestrutura da sua empresa, sem pagar mais por isso.

Como comprar a maquininha de cartão de crédito da conta.MOBI?

Imagem 8 - Máquina de cartão de crédito para autônomo conheça as opções disponíveis no mercado
Pelo APP ou site da conta.MOBI, você compra sua maquininha em poucos cliques e começa a vender!

A máquina da conta.MOBI pode ser adquirida em até 12 parcelas.

Depois disso, ela é sua.

O moderno sistema possui um eficiente controle de fraudes que oferece mais segurança nas transações.

O recebimento do dinheiro das suas vendas é 100% garantido pela administradora da maquininha conta.MOBI.

Quando você compra o aparelho, está adquirindo um pacote de serviços que vai ajudar a sua empresa a melhorar sua gestão.

Por uma mensalidade muito baixa (com o plano máximo de R$ 9,90 ou mesmo de graça), o profissional autônomo, MEI e o microempresário contam com ferramentas que controlam melhor suas finanças.

E o melhor: a máquina funciona de forma integrada à própria conta digital.

Ela disponibiliza um gerenciador financeiro para sua empresa e garante o acesso a uma rede de contadores que vai lhe dar suporte e tirar dúvidas.

E tudo isso pode ser feito através do celular.

Basta que você instale o aplicativo da conta.MOBI.

Com tudo isso, não poderia ser outra a sua opção na hora de escolher uma máquina de cartão de crédito para autônomo, não é mesmo.

Passo a passo para ter a maquininha da conta.MOBI

Siga o passo a passo abaixo e garanta a sua maquininha da conta.MOBI:

  • Passo 1: Acesse sua conta pelo aplicativo;
  • Passo 2: No menu principal, clique em “Maquininha” e selecione a opção “Solicitar Maquininha”;
  • Passo 3: Aparecerá uma tela com informações técnicas, clique em “Quero Solicitar”;
  • Passo 4: Na próxima tela, confirme seus dados e clique em “Continuar”;
  • Passo 5: Selecione uma forma de pagamento – Cartão de crédito/débito, boleto ou Débito na conta.MOBI;
  • Passo 6: O pagamento será processado e, assim que confirmado, a venda será aprovada.

Conclusão

Imagem 9 - Máquina de cartão de crédito para autônomo conheça as opções disponíveis no mercado
Não se engane, qualquer autônomo que deseja tornar o negócio lucrativo e aumentar as vendas, precisa investir em uma máquina de cartão.

No artigo de hoje, você conferiu a importância da máquina de cartão de crédito para incrementar a atividade de profissionais autônomos.

Mesmo não formalizado, é possível para esse profissional adquirir o aparelho, que é o preferido de milhões de brasileiros na hora de pagar por suas compras.

Hoje, já existem diversas opções para empreendedores de todos os portes e situações jurídicas.

Neste texto, você conheceu as principais marcas e modelos de máquina de cartão de crédito para autônomo disponíveis no mercado, seus principais aspectos, vantagens e desvantagens.

Expliquei quais os principais cuidados que o profissional autônomo deve ter na hora de escolher uma solução que atenda às suas necessidades.

E mostrei que, de todas as soluções disponíveis no mercado, a conta.MOBI é a mais completa.

A conta.MOBI oferece bem mais do que uma máquina de cartão.

É uma empresa especializada em gerenciamento de negócios de microempreendedores individuais e empresários de pequeno porte.

E que dá suporte até para quem não ainda não se formalizou.

Você está a um clique de uma nova fase para seu empreendimento.

Venha para a conta.MOBI!

Um comentário

Deixe uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.