Posted in:

Como gerar boleto sem ter conta em banco? Passo a passo completo

Como gerar boleto sem ter conta em banco passo a passo completo

Será que tem como gerar boleto mesmo sem possuir conta em banco?

Essa é uma pergunta pra lá de comum entre aqueles que apostam no sonho de ter seu próprio negócio.

Especialmente entre os microempreendedor individuais (MEIs), de faturamento limitado, toda forma de economia é válida.

Assim, cresce o desinteresse pelas contas bancárias e suas tarifas.

Há taxa para fazer cadastro, iniciar relacionamento, abrir conta, movimentá-la e mantê-la.

Você não quer esse tipo de despesa no caixa?

Muitos brasileiros também não.

Afinal, 36% da população é desbancarizada, ou seja, não tem conta em banco.

Mas para quem possui uma empresa, por vezes parece que esse é um gasto inevitável.

Ou como cobrar seus clientes?

Essa é uma dúvida muito presente entre aqueles que acham que não há como gerar boleto sem ter relacionamento com uma instituição financeira.

E sem ter como gerar boleto não dá para ficar, certo?

Falo de uma das modalidades de cobrança mais tradicionais do mercado.

Com o avanço da internet, da digitalização e do comércio eletrônico, a geração de boletos se tornou a segunda forma de pagamento mais utilizada em compras online, atrás apenas do cartão de crédito.

Por isso, o empreendedor não pode descartar o uso do boleto bancário para fechar a venda de produtos e serviços.

Se você já trabalha com outros meios de cobrança, não tem problema.

A melhor maneira de evitar a desistência do cliente e facilitar as transações comerciais é a oferta de diversos meios de pagamento.

Mas fique ligado, pois você vai ver neste artigo que tem como gerar boleto de diferentes formas.

Sua empresa pode ter um contrato com alguma instituição bancária, e seus boletos serão creditados na sua conta corrente.

Ou um contrato com uma das plataformas intermediadoras de pagamentos, que dispensam a obrigatoriedade da conta bancária.

Vamos entender como funciona cada modalidade?

Como gerar boleto sem precisar ter conta em banco? É possível?

Imagem 2 - Como gerar boleto sem ter conta em banco passo a passo completo
Liberte-se dos bancos, você não precisa deles para gerar seus boletos e receber dos clientes.

É possível gerar boleto bancário sem a necessidade de ter uma conta bancária.

Aliás, fugir do vínculo com o banco é mais barato e mais prático para o empreendedor.

Vou explicar o porquê.

Até pouco tempo, a emissão de boletos dependia da contratação de uma carteira junto aos bancos tradicionais.

Como isso resultava em custos inevitáveis, não era esse um meio de recebimento acessível a todos, em especial ao pequeno empreendedor.

Afinal, além do gasto com a carteira em si, havia todas as despesas anteriores de relacionamento com a instituição bancária.

Só que o avanço da tecnologia forçou a situação a mudar.

Surgiu o e-commerce e a internet abriu as portas para novos negócios.

As vendas online cresceram e o mercado de pagamentos teve que se adaptar.

Ao mesmo tempo, soluções inteligentes, como as oferecidas por fintechs (startups voltadas a finanças) aproximaram essas novas empresas de meios de pagamento eficientes a um custo mais baixo.

Hoje, as plataformas intermediadoras são uma realidade.

Através delas, tem como gerar boleto sem conta em banco.

De forma barata e sem complicação.

Entendendo os diferentes tipos de boleto

Imagem 3 - Como gerar boleto sem ter conta em banco passo a passo completo
Não há muitas variações deste documento que se limita às versões simples e registrado.

Existem na praça dois tipos de boleto: o sem registro, também chamado de simples, que é gerado pelo beneficiário e enviado diretamente para o pagador.

Nesse caso, o banco só sabe que o boleto foi emitido quando o pagamento é realizado.

E há o boleto com registro.

Como sugere o nome, cada vez que o documento é gerado, o banco fica sabendo dos dados que foram preenchidos.

Os dois são praticamente idênticos no seu formato.

A principal diferença é que, no primeiro caso, o banco cobra uma taxa do emissor somente após a liquidação do boleto.

Mas, quando há registro, o banco pode cobrar várias tarifas relativas à circulação do documento.

Em contrapartida, o boleto registrado é defendido como mais seguro ao vendedor e prático para o cliente.

Para pagar após o vencimento, não é necessário gerar uma segunda via.

Basta ir a uma agência bancária qualquer e seu valor será atualizado na hora, com multas e juros.

Prático, não?

Só que tem um preço – aquele mesmo que, muitas vezes, o pequeno empreendedor não consegue pagar.

E, para complicar, a Federação Nacional dos Bancos (Febraban) criou regras que inibem a emissão de boletos sem registros.

As regras estimular a oferta do boleto registrado, que é bem mais caro.

Como assim?

A Febraban implementou novas regras para a emissão de boletos.

A entidade criou um sistema, conhecido como “Nova Plataforma”, que integra em um único banco de dados as informações de empresas e clientes prestadas no boleto.

O objetivo da plataforma é deixar o sistema mais seguro.

Ok, todos somos a favor de transações seguras.

Mas, como já comentei, os custos do boleto registrado que será emitido por essa plataforma também são mais altos do que o boleto sem registro.

Taxas do boleto registrado

Veja as taxas que podem ser cobradas:

  • Registro: cobrada no momento em que o boleto é emitido e dá entrada no sistema do banco. Mesmo que o boleto não venha a ser pago, a cobrança será debitada.
  • Custódia: o banco pode cobrar uma tarifa adicional pela presença do boleto aberto no sistema.
  • Pedido de alteração de dados: o banco pode cobrar mais uma tarifa caso você precise atualizar ou modificar algum dado boleto.
  • Liquidação: o banco dá mais uma mordidinha no seu dinheiro quando o boleto é liquidado.

Pelo novo sistema, os boletos sem registro só poderão ser pagos na própria agência da instituição que emitiu o boleto.

Obviamente, isso diminui as vantagens dessa modalidade, porque dificulta o pagamento pelo consumidor.

A partir de março deste ano inicia a migração dos boletos de valores considerados pequenos.

Veja como está o cronograma atual, conforme a Febraban:

  • A partir de 24/03/18 – R$ 800,00 ou mais
  • A partir de 26/05/18 – R$ 400,00 ou mais
  • A partir de 21/07/18 – R$ 0,01 ou mais
  • Em 22/09/18 – conclusão do processo de integração de todos os boletos, incluindo os oriundos de cartão de crédito e de doações, entre outros.

Boleto sem registro vai desaparecer?

Mas, então, é o fim da modalidade boleto sem registro?

Não!

A própria Febraban admite que a “cobrança não registrada poderá ser mantida, desde que seja acordada entre a empresa beneficiária e o banco emissor do boleto”.

Com uma ressalva: o pagamento só poderá ser realizado, mesmo antes do vencimento, no banco que emitiu o boleto.

Assim, a única obrigatoriedade para quem optar por emissão de boleto simples será orientar os clientes a efetuar o pagamento na própria instituição em que foi emitido.

Portanto, você, empreendedor, ainda continuará com esse benefício à disposição de sua empresa.

Por que usar o boleto como forma de cobrança em seu negócio?

Imagem 4 - Como gerar boleto sem ter conta em banco passo a passo
Boleto é uma forma eficiente e segura de profissionalizar o modo de recebimento no seu negócio.

Nada vale mais que o dinheiro vivo como meio de pagamento, não é mesmo?

Seria lindo se fosse sempre assim.

Mas, no mundo dos negócios, é preciso oferecer outras opções para concretizar suas transações comerciais.

O boleto bancário é um dos meios de pagamento mais indicados para todo o tipo e porte de negócio.

Ainda mais nos dias atuais, em que as transações se realizam cada vez mais por meios digitais.

É uma opção inteligente e segura para o seu negócio e na qual vale a pena apostar para atrair mais clientes.

A emissão de boletos funciona bem para cobrança de serviços e para produtos cujo tempo de entrega é flexível.

Aliás, o boleto é muito utilizado no e-commerce não só por ser prático e seguro, mas também porque pode embutir um desconto na quitação à vista.

Benefício

É possível dar descontos de 10% a 15% no pagamento antecipado, dependendo do produto ou serviço.

Muita gente opta por este tipo de pagamento por causa desse benefício.

Para os microempreendedores individuais, por exemplo, é muito mais simples adquirir o serviço de emissão de boletos do que os de cartão, cujo processo de certificação de venda exige mais tempo e dinheiro.

Pequenos e médios empresários que atuam em setores que fazem cobranças recorrentes, como escolas, academias, administradoras de imóveis e de condomínios, não podem abrir mão da geração de boletos.

Para os prestadores de serviço, as vantagens são inúmeras, pois o boleto se encaixa perfeitamente no perfil do empreendimento.

Outro segmento que se dá muito bem com a emissão de boletos é o comércio atacadista, que negocia grandes quantidades de mercadorias.

Um detalhe importante: seja qual for o tipo ou o porte do seu negócio, o boleto utilizado sempre comprova uma dívida pré-constituída, ou seja, uma operação de compra e venda ou a execução de um serviço.

Ah, o boleto também pode ser utilizado como estratégia de venda, no caso em que o pagamento não é obrigatório, como no oferecimento de assinaturas de revistas, doações e produtos financeiros.

Principais benefícios de usar o boleto para receber dos clientes

Imagem 5 - Como gerar boleto sem ter conta em banco passo a passo completo
Boleto é garantia de dinheiro rápido na sua mão!

Você já deve ter percebido que não faltam boas razões para usar o boleto ao receber de seus clientes, não é mesmo?

Mas vou falar um pouco mais sobre elas.

Veja agora as cinco principais vantagens para usar esse meio de recebimento no seu negócio:

1. Taxas mais baixas

Pode pesquisar.

Emitir boleto é uma das formas mais baratas de cobrança do mercado.

Mesmo que você contrate a carteira mais cara disponível em uma instituição bancária, o boleto ainda vai custar mais barato que outros meios, como o cartão de crédito.

Quer uma dica?

Se você contratar uma plataforma intermediadora para emitir boleto, esse valor pode cair ainda mais.

2. Grana na mão

O boleto bancário é garantia de dinheiro recebido com rapidez.

Após a confirmação do pagamento, o crédito é liberado em poucos dias na sua conta.

Prazo bem diferente de alguns meios de pagamento, como os créditos de cartões, que chegam a demorar até 30 dias para serem depositados na conta.

Isso em algumas maquininhas, é claro.

3. Flexibilidade

Quem nunca atrasou um boleto?

Essas coisas acontecem mais do que se imagina, principalmente no ramo de prestação de serviços.

Às vezes, por puro esquecimento.

Ou por atraso da correspondência.

E as consequências?

No cartão de crédito, são implacáveis: a conta já vai para o rotativo com um caminhão de juros.

Mas, no boleto, haverá apenas uma pequena multa por atraso e um juro diário para o pagador.

Não é nada abusivo, concorda?

Essa razoabilidade possibilita que o cliente do serviço quite seu boleto em aberto assim que entra uma graninha.

Isso evita o cancelamento do serviço e garante a continuidade do contrato, sem maiores danos para as partes.

4. Legalidade

É importante entender que o boleto não é só um instrumento de recebimento.

O documento também funciona como um título cobrança, pois contém as informações do pagamento que precisa ser quitado.

Uma vez confirmado o pagamento do boleto – o que ocorre em até dois dias úteis, dependendo da solução contratada – não há mais como reverter a transação.

Esse ato perfeito é uma vantagem para o vendedor.

Em outros meios de pagamento, há casos em que a venda é cancelada.

5. Segurança

Muita gente ainda tem medo de cadastrar dados pessoais e financeiros em transações pela internet.

Ao disponibilizar o boleto, você não perde a venda e o consumidor escolhe como vai pagar o título.

Conheça as soluções do mercado que permitem gerar boleto sem ter conta em banco

Imagem 6 - Como gerar boleto sem ter conta em banco passo a passo complet
Com a conta.MOBI você emite boletos para seus clientes e paga apenas pela compensação.

Agora você já sabe: tem como gerar boleto sem depender de uma instituição financeira para receber o fruto do seu trabalho.

Mais do que possível, é acessível ter o suporte de uma empresa especializada para gerenciar seus boletos, através da contratação de uma plataforma de pagamentos digital.

E isso é muito mais vantajoso do que ficar no corpo a corpo com o banco.

Existem soluções que geram o boleto para sua empresa, garantem o recebimento do seu dinheiro e cuidam de toda a tramitação burocrática.

E não importa a modalidade contratada.

Você vai pagar menos e receber mais pelos serviços oferecidos.

Sua empresa deixa de ser refém dos bancos.

É sempre bom ressaltar isso.

No sistema bancário, as taxas para emissão são altas e variam de acordo com cada instituição.

Esse é um ponto a favor das modernas plataformas de cobrança.

Para começo de conversa, você não vai pagar para emitir boletos, já que a tarifação só ocorre se o documento for compensado.

Em geral, as empresas que atuam neste setor fecham um pacote de acordo com o volume da sua emissão.

Os custos se encaixam nas necessidades do seu empreendimento.

E ao invés de esquentar a cabeça com boleto, você vai usar seu tempo com outras ações estratégicas para o seu negócio.

Vários meios de cobrança em um só

Agora, o que você talvez não saiba é que algumas empresas oferecem várias opções e meios de pagamento pelo preço de um.

Como assim?

Quando seu negócio contrata uma empresa desse tipo, você está adquirindo várias opções e meios de pagamento online.

No banco, você fica refém dos produtos da instituição.

Como a ferramenta vai cobrar apenas quando o boleto for pago, você poderá fazer seu planejamento financeiro com base no histórico mensal de emissões.

É um bom investimento para os microempreendedores individuais, assim como micro e pequenas empresas.

A solução passa credibilidade para a sua empresa na hora de finalizar a transação comercial e garante a segurança da operação.

Uma das soluções mais interessantes do mercado é a da conta.MOBI.

Ela oferece as condições que listei acima e o que é mais interessante: a integração do boleto à uma conta digital, com direito a suporte contábil gratuito.

Ou seja, você controla a situação financeira da sua empresa.

E faz o gerenciamento de forma simples e direta, através da plataforma digital da conta.MOBI.

É, sem dúvida, uma solução que dá credibilidade para a sua empresa na hora de finalizar a transação comercial e garante a segurança da operação.

Mas como funciona?

Vou explicar em detalhes no próximo tópico.

Passo a passo completo de como gerar boleto sem ter conta em banco

Imagem 7 - Como gerar boleto sem ter conta em banco passo a passo completo
Basta acessar a conta.MOBI pelo aplicativo e site. Em poucos cliques você gera o boleto e envia ao seu cliente.

Em primeiro lugar, é bom saber como o boleto é feito.

No seu preenchimento é preciso ter, obrigatoriamente:

  • Nome do cedente ou beneficiário, que é aquele que emite a cobrança e irá receber o valor que será pago
  • Nome do sacado ou pagador, que é quem adquiriu o bem ou serviço e irá efetuar o pagamento
  • Valor do documento a ser pago antes do vencimento
  • Data de vencimento
  • Código de barras.

De posse desses dados, você já pode emitir o seu boleto.

Mas se você tem uma conta em um sistema emissor, como a conta.MOBI, o processo para gerar seu boleto fica ainda mais fácil e rápido.

Basta você acessar a sua área na conta.MOBI pelo celular ou por um computador conectado à internet.

No computador, o caminho é este: Vendas > Boleto > Emitir boleto.

No celular, basta abrir o app e clicar em Cobrar via boleto, já na tela inicial.

Depois, em apenas seis passos, você preenche, envia o boleto e aguarda seu recebimento.

Veja só como é simples:

  1. Insere o cadastro do cliente com dados de cobrança
  2. Insere os dados da operação para identificação posterior
  3. Insere os valores em boleto único ou múltiplos
  4. Emissão do documento de cobrança
  5. Identificação do status: a vencer, vencido ou quitado
  6. Compensação do valor no prazo acertado e com o desconto da taxa prevista em contrato.

Muito fácil e rápido, não é mesmo?

E sem precisar ir ao banco ou assinar documentos para ter acesso ao serviço.

A plataforma é totalmente digital e de navegação bem amigável.

É a solução que melhor combina com as necessidades do empreendedor moderno.

Depois de gerado, você pode enviar o boleto pelo próprio link, por SMS ou por e-mail.

Ou, ainda, se preferir, imprimir o documento e entregá-lo em mãos para o cliente.

Além disso, o valor é creditado em sua conta após 48 horas contadas a partir da identificação do pagamento.

Mas as facilidades não param por aí.

Quer ver só?

Boletos únicos e múltiplos

Você sabia que a conta.MOBI oferece dois tipos de boleto?

Sim, é isso mesmo: do tipo único ou múltiplo.

O que isso quer dizer?

Que o sistema permite a emissão de vários documentos de cobrança para um mesmo cliente, como quando realiza uma venda parcelada.

No caso de boletos múltiplos, é possível programar a periodicidade e a data dos envios para agendamento.

E tem mais.

Todo processo é feito com base nas melhores práticas de segurança.

Não por acaso as transações da conta.MOBI possuem o aval da VISA, umas das gigantes do mercado financeiro mundial.

Ou seja, não é por falta de dinheiro ou preocupação com a segurança virtual que você vai deixar de gerar boletos.

Ter essa ferramenta de cobrança na sua empresa está ao seu alcance.

Então, faça um teste.

Basta preencher o cadastro online.

Você irá economizar tempo, dinheiro e cabelos brancos!

Conclusão

Imagem 8 - Como gerar boleto sem ter conta em banco passo a passo completo
Quer lucrar mais e reduzir a inadimplência na sua empresa? Comece já a emitir boletos.

A emissão de boletos de cobrança é uma prática muito popular no mercado e indispensável para determinadas atividades, como a prestação de serviços.

Além de prático, o custo do boleto é mais baixo do que outros meios de pagamento.

Por isso, a emissão dos boletos convive com outras ferramentas de recebimento, como cartões de crédito e carteiras digitais.

No entanto, as novas regras bancárias mudaram a forma de contratação e pagamento pela emissão de boletos, tornando-a mais cara.

Por isso, microempreendedores individuais e pequenos empresários têm procurado formas mais econômicas para a cobrança a partir dessa ferramenta.

Você também está diante desse desafio?

Como vimos neste artigo, a resposta que se encaixa no perfil de micro e pequenas empresas são as plataformas de pagamento.

As soluções disponíveis no mercado oferecem uma variedade de meios de pagamento, além de prestar outros serviços, como o apoio contábil ao cliente.

Apresentei como opção a conta.MOBI, solução ágil, segura e das mais baratas do mercado.

Foi possível entender como, em poucos passos, o empresário emite o boleto e controla seu recebimento

Tudo de forma online e com muita segurança.

Dependendo apenas de alguns cliques no computador ou no celular.

Porque não basta apenas escolher o tipo de boleto que sua empresa vai gerar.

É preciso escolher uma empresa que ofereça diversas opções de cobrança, sem burocracia e que garanta o recebimento do seu dinheiro.

Com a ferramenta certa em mãos, é só cuidar do seu negócio para fazê-lo crescer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *