Posted in:

Home Office ou Coworking? Qual vale mais a pena?

Coworking ou Home Office Destaque

Se hoje você trabalha no conforto do seu lar munido apenas com o seu notebook e armazenando todos os arquivos importantes no Drobpox, uma das responsáveis por isso é a Computação em Nuvem.

A Cloud Computing (como ela originalmente é chamada) permite o compartilhamento e o armazenamento de uma grande quantidade de arquivos, bem como acessá-los rapidamente na web.

Inclusive, para Home Officers que gerenciam uma loja virtual, a Cloud Computing possibilitou o surgimento da hospedagem Cloud. Essa hospedagem é um excelente recurso para turbinar o e-commerce, pois ela apresenta espaço em disco e tráfego ilimitado.

Home Office ou Coworking

Enfim, o fato é que a capacidade de compartilhar e acessar facilmente os arquivos são alguns dos ingredientes básicos para a realização do chamado Home Office.

O Home Office ou “Teletrabalho”, o escritório em casa, já é uma realidade não apenas no Brasil, mas em vários países do mundo. Por isso, não se surpreenda se hoje profissionais como designers, jornalistas e freelancers em geral economizam em gasolina e transporte.

Afinal, essa é uma das vantagens de se trabalhar em casa, evitar gastos com condução, alimentação e outros detalhes tão comuns a vários profissionais que precisam se deslocar de onde moram para o local de trabalho.

No entanto, se de um lado existem as vantagens sorrindo para você, do outro aparecem as desvantagens alertando que nem tudo são flores no mundo do Home Office.

As distrações do dia a dia, a dificuldade de encontrar um espaço adequado em casa para o trabalho, as interferências diárias, o isolamento, todos esses contratempos compreendem alguns dos empecilhos que assombram os Home Officers.

Entre a casa e o Coworking

“Em casa ou fora de casa? Eis a questão”. Essa é a grande dúvida que invade a mente de quem já sente os efeitos das desvantagens que trabalhar em casa pode proporcionar.

No entanto, é importante salientar que o Home Office é uma excelente sacada, porém, pode não funcionar para determinados profissionais.

Por esse motivo, como uma alternativa para esses profissionais, surge o Coworking, que consiste em espaços destinados para abrigar profissionais das mais diversas áreas e que são adeptos do trabalho remoto.

O coworking consiste em um ambiente onde a equipe de uma empresa e também freelancers isolados dividem o espaço de trabalho.

Dependendo do coworking você pode alugar uma sala para a sua equipe, ou se você é um profissional autônomo, aluga uma sala só para você e o seu notebook.

Entretanto, é claro que, em um espaço de coworking, nada impede que você entre em contato com outros profissionais e até faça parcerias.

Vale lembrar que em um ambiente como esse é necessário negociar o modo como você vai usufruir das suas funcionalidades. Sendo assim, é preciso pagar um valor de acordo com as suas necessidades, mensalmente ou por hora que usar.

Outro aspecto importante é ter em mente que o coworking é um espaço colaborativo. Por isso, para que seja proveitoso para você e para os outros ao seu redor, é necessário seguir determinadas regras de convivência.

Mas afinal, qual é o mais em conta? Home Office ou Coworking?

A resposta para a questão acima é um termo muito comum, mas lá vai: “Depende”. Isso mesmo, para saber qual dessas modalidades vale mais a pena só depende de você pesar os prós e os contras levando em consideração o seu tipo de trabalho.

Contudo, é óbvio que outras questões pesam na escolha, como, por exemplo, as já citadas interferências e distrações que um trabalho em casa pode proporcionar.

Porém, para uma escolha certeira, é essencial que você esteja ciente das características do seu trabalho.

Se você, por exemplo, trabalha com produção de textos, efetuando traduções ou redigindo artigos, o trabalho em casa pode ser uma boa alternativa.

Além disso, se você não tem dificuldades para se concentrar em casa e ainda não disponibiliza de uma boa grana para alugar um espaço em Coworking, o Home Office, por enquanto, traz mais vantagens.

Por outro lado, se o seu trabalho envolve o gerenciamento de uma equipe e ainda necessita efetuar reuniões frequentes com diversos clientes, talvez seja uma boa alternativa dar uma chance para o Coworking.

Por outro lado, é óbvio que ferramentas como o Trello permitem estipular tarefas e agendar compromissos de onde quer que você esteja, mas caso seja necessário um espaço adequado para a realização de determinadas, o Coworking vale a pena.

Conclusão: Coworking e Home office!

O Coworking e o Home office são as duas características que marcam a nossa época atual em que a internet, aliada a ferramentas específicas, permite uma boa interação e mais autonomia para a realização de diversos trabalhos.

Por esse motivo, na hora em que você for optar para ver qual vale mais a pensa, o Coworking ou o Home Office, veja primeiro qual traz mais vantagens para o tipo de trabalho que você exerce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *