Posted in:

Bitcoin: O que é, quanto vale e como funciona?

bitcoin

Entender o que é Bitcoin pode parecer complicado. A tecnologia é inovadora a ponto de contar com conceitos diferentes.

Em suma, é uma moeda digital que não depende de bancos, ou seja, o dinheiro é realmente seu. 

É considerado como a primeira criptomoeda do mundo e funciona a 8 anos sem nenhuma interrupção.

Quer entender mais sobre esse recurso e como avaliar dentre os seus fundos de investimento

Acompanhe esse artigo até o final. Boa leitura!

O que são os bitcoins?

Bitcoins são ativos digitais, utilizados para compra e venda de produtos e serviços de maneira online através da Blockchain

Diferente de outras moedas, como o real, o Bitcoin só existe através de meios digitais, e ficam guardados em carteiras digitais.

Seu objetivo principal é ser utilizado como uma moeda descentralizada, sem nenhum vínculo com bancos para intermediação de valores entre duas pessoas.

No entanto, é uma forma de dinheiro onde o seu valor é determinado de forma livre, pelos indivíduos no mercado. 

É ideal para transações pela internet,  com pagamento online, por ser rápido, seguro e barato. 

Ou seja, uma tecnologia inovadora.

Como funciona o bitcoin

O sistema do Bitcoin, tem como base a criptografia, que garante um sistema funcional. 

Fazendo assim com que todas as transações possam ser realizadas anonimamente e de forma segura. 

Então, por esse motivo os Bitcoins podem ser chamados de criptomoedas.

Essas criptomoedas são negociadas via internet por redes próprias, onde a pessoa consegue comercializar a moeda.

Quanto vale um bitcoin

Você deve estar se perguntando. Afinal, quanto vale um bitcoin? O preço é volátil e por ter uma quantidade limitada, a lei da oferta e demanda é válida. Ou seja, quanto menos bitcoins disponíveis, maior o seu preço.

De acordo com o Portal do Bitcoin, a criptomoeda já chegou ao seu valor máximo de R$376.000,00.

Em agosto de 2021 o valor chegou a aproximadamente R$240 mil. Portanto, é necessário ter em mente que a cotação não realiza apenas movimentos positivos. A moeda pode sim sofrer desvalorização. 

Como comprar bitcoins

Existem três maneiras no mercado atual, para adquirir bitcoins. São elas:

1-Mineração

Para adquirir bitcoins por meio da mineração é necessário ter um computador específico e ceder seu poder computacional para a rede. Nesse caso você receberá bitcoins a cada bloco minerado. Porém, no momento não é indicado minerar no Brasil, por conta do alto custo da energia elétrica.

2- Exchanges

As Exchanges são sites que reúnem computadores e vendedores dentro de um ambiente seguro, onde as trocas podem ser feitas com rapidez e anonimamente. 

3-P2P

É um método utilizado para comprar bitcoins diretamente com outras pessoas, sem a necessidade de utilizar uma Exchange M=mas.

Mas para isso, será preciso encontrar alguém confiável e que entenda de criptomoedas, para assim evitar cair em golpes.

É seguro o mercado bitcoin?

As criptomoedas utilizam tecnologias de criptografia para aumentar a segurança e privacidade, dificultando ações perigosas, como roubo de dados ou do próprio bitcoin.

De antemão, o bitcoin é mais seguro do que um dinheiro guardado em banco, justamente por não existir nenhuma instituição financeira. 

Quando comparado a um sistema bancário comum, são considerados seguros. Porém, não quer dizer que as fraudes não ocorram. 

Em máquinas ou contas desprotegidas pode sim acontecer roubos.

Por que o bitcoin tem tanto valor

O Bitcoin e todas as outras criptomoedas, conseguiram se consolidar e terem um perfil importante para os ativos financeiros. 

Atua como uma proteção econômica para empresas em meio a crises, mesmo com a redução de volatilidade e aumento das utilidades.

Isso a fim de manter o cenário de valorização por um longo período.

A grosso modo, seu aumento ocorre por conta das variações de valor em espaços de tempo muito curtos. 

É normal que a sua cotação obtenha muita movimentação por conta dos fatores que interferem no preço do bitcoin. 

Uso dos bitcoins no cenário brasileiro

Cerca de 48% dos brasileiros, afirmam que o país deveria adotar o bitcoin como moeda oficial. 

É confirmado que a prática pode diversificar o investimento, proteger sobre a inflação e instabilidade financeira, além de acompanhar as tendências tecnológicas.

Lembre-se, o melhor investimento é aquele que faz sentido e vai de acordo com o seu perfil investidor. 

Analise a sua personalidade, seus objetivos e assim, decida se você se encaixa na aplicação desses ativos, que podem apresentar uma alta rentabilidade.

Agora que você já sabe o que é , e como funciona o Bitcoin, é hora de começar a investir. Se ainda tem dúvidas sobre o assunto, o Money Radar, tem conteúdos exclusivos para te ajudar. Bons investimentos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.