Posted in:

11 tendências de negócio para quem deseja empreender

Imagem 7 -11 tendências de negócio para quem deseja empreender

Apostar em tendências de negócio é sempre uma boa ideia para quem deseja abrir empresa.

Assim, mais do que olhar para o passado e tentar repetir o sucesso alheio, você foca suas ações no futuro e mira nas necessidades que seus consumidores ainda irão revelar.

Faz sentido para você?

Então, quero dizer que o momento de refletir sobre tendências de negócios futuros é agora.

Não adianta mais pensar em tendência de empreendedorismo 2017, pois o ano se aproxima do fim e nem há tempo hábil para tirar a sua ideia do papel.

Você precisa se concentrar nas tendências de mercado 2018.

E, para isso, nada melhor do que conhecer o que o próximo ano reserva para você.

Neste artigo, vamos apresentar 11 segmentos que estão com tudo.

Apostar em qualquer um deles pode ser uma boa ideia – se você reunir as demais características esperadas de um bom empreendedor, é claro.

Se o assunto interessa, siga a leitura e descubra quais são as tendências de mercado para o futuro.

Quer empreender, mas não sabe por onde começar?

Ter o sonho de iniciar um negócio, mas não fazer ideia de como e nem por onde começar é mais comum do que você imagina.

Isso acontece tanto por aqueles que veem no empreendedorismo a chave para deixar a vida de empregado para trás quanto por quem não encontra espaço no mercado.

Nesse último caso, especialmente, estamos falando do empreendedorismo por necessidade, um movimento crescente no país.

Com mais de 13 milhões de desempregados no Brasil, o número de novas empresas acompanha esse movimento crescente.

Imagem 1 -11 tendências de negócio para quem deseja empreender
Siga a leitura e descubra as principais tendências de negócio para 2018!

Segundo dados do Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas, houve um aumento de 12,6% no total de negócios criados no primeiro semestre de 2017, na comparação com 2016.

No total, foram 581.242 novas empresas abertas no período – o maior número desde 2010.

Perceba, então, que o mercado está cada vez mais concorrido.

Isso não é necessariamente ruim, pois só os bons sobrevivem.

E é por isso que sua primeira preocupação precisa ser construir um plano de negócios bastante completo.

É nesse documento que você irá prever todos os passo da empresa e sua reação a adversidades.

Nele, irá responder que negócio irá iniciar, onde ele será instalado, qual será o capital inicial necessário, entre outras questões relevantes para dar o pontapé inicial.

Quer uma dica? Seja para iniciar uma empresa ou para mantê-la viva no caminho do crescimento, tenha um contador ao seu lado.

Cuidar das finanças empresariais é uma das tarefas mais sensíveis em qualquer negócio.

E se dedicar ao fluxo de caixa é o mínimo.

Mais do que uma boa planilha, você precisa desse especialista para fazer a análise dos resultados e garantir a você o embasamento necessário para uma correta tomada de decisão na empresa.

11 tendências de negócio para que você acerte na hora de empreender

Você tem pouco mais de três meses para preparar a sua estratégia e entrar 2018 com uma empresa para chamar de sua.

Mas lembre que a pressa é inimiga da perfeição.

Se começar agora e tirar a ideia do papel daqui um ano, essa talvez seja a atitude mais saudável, sempre visando a longevidade do seu empreendimento.

Para não errar, é válido acompanhar as principais tendências de negócio.

A lista a seguir foi elaborada a partir de dicas do Sebrae, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

Na avaliação da entidade, nosso país vem recuperando o fôlego, mas as atividades mais promissoras ainda são aquelas que agregam economia ao consumidor e resolvem suas necessidades básicas.

Vamos conhecer, então, quais são as tendências de negócio para 2018.

1. Serviço de consertos e reformas

Imagem 2 -11 tendências de negócio para quem deseja empreender
Reparos e reformas estão cada vez sendo mais valorizados, fique de olho nesse mercado.

Ainda está em evidência no Brasil a máxima de que “se dá para arrumar, conserte e não compre um novo”.

Esse é um mandamento clássico da educação financeira.

E o melhor: ele se aplica a várias situações.

Pode ser uma roupa, um eletrônico, um eletrodoméstico e mesmo o seu carro.

Desde os menores até os maiores gastos, o consumidor se pergunta se vale a pena comprar um novo, ou o caminho é consertar ou reformar o antigo.

Percebe a oportunidade para você e sua futura empresa?

2. Comércio de roupas usadas – brechós

Para esse segmento, vale o mesmo raciocínio sobre o qual acabamos de falar.

O comércio de roupas usadas tem ganhado espaço no mercado justamente por oferecer peças únicas a preços muito mais baixos.

Seja por uma nova visão ou por necessidades, os consumidores estão refazendo a ideia equivocada de que brechós só traziam artigos de pessoas falecidas e em mau estado.

Investir nessa atividade ainda abre as portas para a sua entrada no comércio eletrônico.

É isso mesmo!

Que tal iniciar um brechó online?

3. Venda de infoprodutos

E já que acabamos de falar no mundo virtual, muitas das tendências de negócio mais promissoras para 2018 estão na internet.

Imagem 3 -11 tendências de negócio para quem deseja empreender
O meio online é utilizado constantemente e os infoprodutos estão acompanhando o crescimento de suas buscas.

Quando falo de infoprodutos, me refiro a livros e guias digitais, cursos online, venda de conteúdos em formato de vídeo e outros produtos e serviços de consumo virtual.

Esse é um mercado crescente, pois cada vez mais é no meio online que as pessoas têm buscado resolver suas necessidades.

Pesa a favor dos infoprodutos a possibilidade de trabalhar na criação deles ou na sua divulgação e vendas.

Nesse último caso, um mercado rentável é o de programas de afiliados.

Funciona assim: você se cadastra para atuar como o promotor de um infoproduto, recebe um link dele e passa a divulgá-lo em seu blog, redes sociais e até pelo WhatsApp.

Sempre que uma venda é gerada pelo seu link, você ganha uma comissão.

4. Desenvolvimento de drones

Isso é tecnologia pura.

Drones são veículos aéreos não tripulados, com variadas formas de utilização, do agronegócio a demandas na indústria.

Obviamente, não é um ramo para aventureiros, mas a expectativa é grande, já que o uso de drones foi regulamentado neste ano pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

5. Fabricação ou comércio de biojoias

Você já ouviu falar em biojoias?

Esse é um segmento muito interessante, que produz itens a partir de matérias-primas alternativas e sustentáveis, como folhas, pedras e sementes.

É oportunidade para quem fabrica e para quem vende as peças.

O apelo natural do mercado é alto, sobretudo quando relacionado ao turismo.

Imagem 4 -11 tendências de negócio para quem deseja empreender (2)
A vaidade acompanha homens e mulheres, por isso a venda de cosméticos é um segmento sem crises.

6. Venda de cosméticos

E já que falamos em itens de beleza feminina, não dá para deixar de fora o segmento de cosméticos, que não conhece crise.

Afinal, mesmo quando o dinheiro aperta, toda mulher gosta de se sentir bonita.

Mas as oportunidades não se restringem a atender elas.

É preciso lembrar que os homens são fregueses cada vez mais assíduos, sem vergonha de assumir a vaidade.

7. Empresa de alimentação saudável

Se você está atento ao mercado, já percebeu que o público está cada vez mais exigente quando o assunto é comida.

E não é apenas por fins estéticos, como também de saúde.

A ideia de apostar em alimentação segmentada pode embalar os sonhos de quem pretende vender lanches até quem quer abrir seu próprio restaurante.

Vale apostar em produtos voltados a diabéticos, celíacos (com intolerância ao glúten) e também a quem enfrenta intolerância à lactose.

E tem ainda o mercado fitness, que é outro interessado nesses itens.

8. Comércio de produtos orgânicos

E já que falamos em alimentação e saúde, não podemos esquecer dos produtos orgânicos, que não levam agrotóxicos.

Há um tempo atrás, eles eram privilégio de poucos.

Mas o aumento da demanda tem resultado na oferta de itens em valores mais acessíveis, o que, por consequência, elevou o consumo.

Para os próximos anos, a tendência é que cada vez mais brasileiros prefiram ter produtos orgânicos na mesa.

Imagem 5 -11 tendências de negócio para quem deseja empreender
Os consumidores estão em busca de produtos qualificados e que possuem diferenciais, o mercado das cervejas artesanais representam essa busca.

9. Indústria de cervejas artesanais

O que explica a aparição das microcervejarias entre as tendências de negócio para os próximos anos é que esse ramo não conhece limites, ainda.

Aquilo que começou de forma tímida, testando paladares, hoje se tornou uma fonte de criações nada convencionais.

É possível encontrar cervejas artesanais com os mais variados sabores e aromas, trazendo ingredientes doces, cítricos, amargos e muito mais.

E desde o ano passado, microcervejeiros ainda podem optar pelo Simples Nacional para pagar seus impostos.

10. Mercado de pets

Todo mundo tem ao menos um casal de amigos que optou por não ter filhos, mas trata seus animais de estimação como se assim fossem.

O amor pelos bichinhos movimenta um mercado que fatura quase R$ 20 bilhões por ano.

E tal resultado não se dá à toa: há produtos e serviços para todas as necessidades.

Se não há como inovar, ao menos investir no mercado pet se mantém entre as tendências de negócio por sempre haver uma alternativa para agradar seu público-alvo.

11. Soluções em impressão 3D

Para encerrar a nossa relação de tendências de negócio, não há como falar em futuro sem lembrar da impressão 3D e das possibilidades que ela abre.

Esse é um segmento para quem é um empreendedor visionário, já que o Brasil ainda engatinha nas soluções criadas a partir da tecnologia.

Mas o mais importante é que elas se aplicam e são desejadas por setores diversos.

Conclusão

Imagem 7 -11 tendências de negócio para quem deseja empreender
Agora que já descobriu as 11 tendências de negócio para 2018, escolha uma que você mais se identifica e comece já o seu planejamento!

Você conferiu neste artigo 11 tendências de negócio para ter a sua empresa em 2018.

Se você alimenta o sonho de se tornar um empreendedor de sucesso, e caso tenha se identificado com um dos setores relacionados, vá em busca da sua realização.

Para isso, não esqueça da importância do planejamento e de estimular seu conhecimento.

Um empreendedor está sempre evoluindo, seja através de cursos, de leituras e de networking.

As oportunidades estão aí.

E quem agarrar primeiro e buscar ser o melhor no que faz sempre sai na frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *