Posted in:

Anuidade: como ter uma conta digital sem taxa anual?

Imagem 11 -Anuidade como ter uma conta digital sem taxa anual

Quando ouve falar em anuidade do cartão, você já perde o humor?

Acha que essa é uma taxa desnecessária, um gasto que só serve para elevar o lucro das instituições financeiras?

Tem até dúvidas se a anuidade do cartão de crédito é legal?

O que está em jogo aqui não é o seu modo de pensar, mas o modo de agir.

Vou contar neste artigo que você não precisa ficar refém dessa cobrança.

Então, existe mesmo um cartão de crédito sem anuidade?

Você vai ver que sim, assim como outras opções tão ou mais vantajosas.

E dá para solicitar cartão de crédito pela internet sem anuidade?

A resposta também é positiva, graças ao avanço da tecnologia e do surgimento de empresas que tem nela o seu modo de operação.

A verdade é que cartões sem anuidade podem ser uma opção interessante, e não apenas pelo aspecto da economia.

Afinal, ainda que ela seja pequena, esse é um dinheiro que pode ser muito melhor aplicado, concorda?

Essa taxa acaba se tornando cara por não agrega nenhum valor direto ao consumidor.

Além disso, em tempos de crise, muitos reduziram o uso do cartão de crédito, fazendo com que a anuidade tenha se tornado um gasto ainda mais desnecessário.

Então, vamos falar sobre dinheiro, sobre o seu dinheiro?

Que tal cuidar melhor dele?

Se o assunto interessa, siga a leitura, entenda o que é anuidade, como ela funciona e veja se você precisa mesmo arcar com essa cobrança.

Entenda o conceito de anuidade

Se falamos em finanças ou dinheiro, logo pensamos em despesas, o que é natural.

Afinal, são tantas taxas no nosso dia a dia, não é mesmo?

A verdade é que muitas pessoas ainda têm a dificuldade de gastar menos do que ganham.

Imagem 1 -Anuidade como ter uma conta digital sem taxa anual
Vamos descobrir se as anuidades e o cartão de crédito valem a pena?

Nesses casos, quando chegam as contas para pagar, o humor já dá aquela mudadinha.

Usamos cartão o ano inteiro, mas quando recebemos a fatura que tem a parcela da anuidade, já ficamos um pouco irritados.

Vai dizer que não é assim?

Para muitas pessoas, esse valor é considerado inútil, pois é apenas mais uma despesa para o consumidor.

Outra questão é que a anuidade, como o próprio nome já diz, muitas vezes, acaba pegando o consumidor de surpresa, pois só aparece após um ano de uso do cartão.

Surpresa ou descuido?

De todo modo, esse valor acaba sendo incerto e, na empolgação com o limite do cartão, as pessoas acabam se esquecendo desse “pequeno” detalhe.

É nesse ponto que muitos desistem e solicitam o cancelamento por se sentirem enganados por essa cobrança que, teoricamente, lhes pegou de surpresa.

A grande questão é que a taxa de anuidade é o valor cobrado como taxa de manutenção pelo uso do cartão por esse período de tempo.

E se o cartão foi utilizado, a anuidade acaba se tornando obrigatória.

No entanto, há casos em que não precisa ser paga – e aí vale a negociação.

O Banco Central define a anuidade como o valor cobrado pela disponibilização da bandeira ao cliente da rede de estabelecimentos afiliados (serviços, bens, etc).

Dessa forma, a taxa de anuidade tem a finalidade de manter esse serviço disponível ao cliente pelo período de um ano.

É como se o cartão fosse “emprestado”.

Sou obrigado a pagar anuidade do cartão?

Sim e não.

Embora o Banco Central tenha uma definição por anuidade, há liberdade para que as operadoras definam suas estratégias.

Um mesmo banco pode, por exemplo, lançar dois produtos diferentes, com anuidades diferentes.

Também pode oferecer um cartão sem anuidade para determinados clientes.

Então, como regra geral, a anuidade está prevista no contrato de contratação do produto ou serviço financeiro.

Mas pode haver casos em que ela não é exigida.

Imagem 2 -Anuidade como ter uma conta digital sem taxa anual
Fique de olho no Código de Defesa do  Consumidor e não pague por taxas indevidas.

Se você recebeu um cartão de crédito e não efetuou o desbloqueio, então não precisa pagar a anuidade, pois não utilizou o serviço.

Dessa maneira, a administradora que cobra essa taxa, ainda que o cliente não tenha desbloqueado o cartão, fere o Código de Defesa do Consumidor.

O contrato do cartão de crédito não obriga o cliente a desbloquear o cartão, mesmo que o tenha solicitado.

O desbloqueio do cartão seria como a assinatura definitiva do contrato de aceitação do serviço.

Ou seja, uma vez que você efetua o desbloqueio, está concordando com os termos e condições de uso.

Portanto, fique atento aos seguintes detalhes:

  • A anuidade só poderá ser cobrada a partir da data em que o cartão for desbloqueado
  • Se o cliente tiver direito ao cartão adicional e decidir contratá-lo, poderá pagar uma anuidade extra pelo adicional
  • Caso o cliente tenha pago a anuidade antecipada, mas decida cancelar o cartão antes do prazo de um ano, tem direito ao reembolso proporcional, referente ao período em que o produto não foi utilizado.

O cliente que for tarifado sem que tenha desbloqueado o cartão pode procurar os seus direitos junto ao Procon e contestar a cobrança.

O que acontece se não pagar a anuidade do cartão?

Para responder a essa pergunta, devemos levar algumas questões em consideração:

Em primeiro lugar, você desbloqueou o cartão e decidiu não pagar a anuidade?

Nesse caso, o melhor a fazer, após já ter utilizado o cartão, é negociar e pagar.

Caso contrário, isso pode virar uma bola de neve em dívidas, com juros sobre juros incidindo sobre esse valor.

Você não desbloqueou o cartão e foi cobrado indevidamente pela anuidade?

Aqui, já é um outro caso.

No caso de cobrança indevida, você deve buscar o emissor do cartão para tentar resolver o problema.

Se não tiver sucesso, pode buscar apoio do órgão de defesa do consumidor da sua cidade e solicitar os seus direitos.

Mas em qualquer um dos casos, não deixe de lado a negociação.

Ir para o conflito quase sempre é a pior forma de solucionar um problema.

Não deixe de buscar a negociação da anuidade

Imagem 3 -Anuidade como ter uma conta digital sem taxa anual
Uma boa negociação fará toda a diferença!

Caso você tenha um cartão e esteja sendo cobrado pela anuidade, precisa conhecer algumas técnicas de negociação que certamente farão toda a diferença.

Esse processo pode levar um tempo e dar uma “canseira”, mas se você tiver empenhado, não custa tentar. Vá com calma!

Ligue no SAC do cartão e solicite falar com o atendimento.

Na maior parte das vezes, o atendente irá mencionar os benefícios do cartão e os motivos que justificam o valor da anuidade.

Isso faz parte do protocolo. Não se chateie.

Assim que ele terminar, se mantenha firme e diga que você sabe dos benefícios, mas que para continuar com o cartão precisa obter desconto, com isenção da anuidade.

Veja alguns argumentos que valem a pena utilizar:

  • Diga que você possui um volume de gastos considerável nesse cartão
  • Diga que possui outras opções que oferecem taxas mais atrativas por serviços semelhantes, até mesmo taxa zero
  • Diga que gosta desse cartão e que gostaria de continuar com ele, caso tenha a opção de ter desconto na anuidade.

As emissoras de cartão estão um pouco mais resistentes sobre a concessão de descontos, dessa forma, se ainda assim a anuidade for mantida, cabe a você escolher se permanece com o cartão ou não.

Se for do interesse do banco continuar com você como cliente, vai acabar oferecendo descontos.

Seja insistente (mas não grosseiro) para ver se você consegue alcançar a isenção da anuidade.

E como já mencionei, tenha calma.

Se não conseguir na primeira vez, tente ligar mais uma e mais uma.

As chances de você conseguir um desconto tendem a ser maiores também.

É possível ter um cartão sem anuidade?

Hoje, já é possível usufruir das vantagens de um cartão sem ficar preso ao pagamento de altas taxas de manutenção, como a anuidade.

A verdade é que ter uma opção além do dinheiro vivo tem os seus benefícios, sim!

Estamos na era das contas digitais, com benefícios para ausência quanto à cobrança de taxas e oferta de muitos benefícios ao cliente.

A revolução atende pelo nome de fintech.

Essas empresas modernas são uma startup que alia tecnologia a finanças, prezando pela eficiência e custo baixo.

Na área de cartão de crédito, por exemplo, uma das mais famosas fintechs brasileiras é a Nubank.

Já para ter uma solução ainda mais completa, com uma conta digital que oferece um cartão de débito, com bandeira internacional, aí o nome da vez é o da conta.MOBI.

Imagem 4 -Anuidade como ter uma conta digital sem taxa anual
As fintntechs estão cada vez mais completas, vele a pena conhecê-las melhor.

Se trocar o dinheiro de verdade pela segurança do “dinheiro de plástico” lhe parecer uma boa opção, então, esse é o momento perfeito para economizar.

Além do cartão de débito, que é sem anuidade, ainda existem muitas vantagens adicionais.

A conta.MOBI é uma conta digital que aparece como solução completa ao microempreendedor individual (MEI) que precisa ter acesso a serviços financeiros eficientes e baratos.

Além disso, também é uma solução para as pessoas físicas que querem economia e praticidade.

Você pode abrir a sua conta através do aplicativo ou mesmo no site.

Não há taxa de adesão, anuidade de cartão e ainda tem muitos outros benefícios.

E o cartão possui a bandeira VISA internacional.

Ele  é enviado ao seu endereço e você pode utilizá-lo para efetuar compras aqui no Brasil ou no exterior.

Com o seu cartão físico de débito, você ainda pode efetuar saques por meio dos terminais eletrônicos dos bancos credenciados, como em toda a Rede 24Horas, que possui caixas espalhados por todo o Brasil.

Para o uso do seu cartão de débito, você recebe uma senha exclusiva, de quatro caracteres numéricos, que pode ser alterada a qualquer momento.

Além disso, o cartão chegará às suas mãos bloqueado, o que é importante para a sua maior segurança.

Assim, antes de utilizá-lo, é preciso acessar sua conta digital para o desbloqueio

E lembre-se: não há cobrança da taxa de anuidade!

Passo a passo para ter o seu cartão sem anuidade

Para abrir uma conta digital conta.MOBI, basta acessar o site iniciar o preenchimento do formulário.

É simples, fácil, rápido, seguro e sem burocracias!

Mas para descomplicar ainda mais, preparei um passo a passo para você.

Confira:

Imagem 8 -Anuidade como ter uma conta digital sem taxa anual
Conheça a conta.MOBI: empreender ficou mais fácil.
  1. Comece pelo site da conta.MOBI, baixe o aplicativo e faça o seu cadastro
  2. Como próximo passo, você deve escolher entre a conta jurídica ou para pessoa física
  3. Em seguida, informe os seus dados pessoais, incluindo o nome, CPF, CNPJ e o endereço
  4. Indique se tiver a necessidade de emitir boleto bancário
  5. Indique também se deseja usar a maquininha de cartão
  6. Agora, é só enviar o cadastro e aguardar o e-mail para confirmação
  7. Nessa mensagem, você receberá também informações sobre a frente e verso do cartão virtual
  8. Para terminar, use o código de ativação recebido e comece a usar a sua conta.MOBI.

Faça as contas: veja como é mais econômico optar por um cartão sem anuidade

A Revista Exame, possui um comparador de taxas de cartão para que você possa visualizar quanto está pagando de anuidade.

Dessa forma, você pode escolher uma opção mais econômica e não ter aquela surpresa desagradável na hora da cobrança.

É preciso ter muito cuidado com propostas tentadoras, como a de uma primeira anuidade gratuita.

Pode valer a pena? Pode.

Mas há opções no mercado que, a partir do segundo ano, já cobram quase R$ 300 pela taxa.

E se você não ficar ligado, acaba no prejuízo.

Ah, mas é um valor baixo?

Leve em conta tudo o que poderia fazer com ele, inclusive investimentos.

Não seria melhor fazer esse dinheiro trabalhar para você em vez de gastá-lo?

7 dicas para não ter despesas com anuidade

Embora já existam opções para ficar totalmente livre da anuidade, se você quiser insistir no seu cartão e ver até onde consegue chegar na anuidade, vou te dar algumas dicas.

Vamos lá?

1. Não se envergonhe de negociar a anuidade

Isso mesmo!

Já falei sobre como negociar a anuidade em uma dos tópicos anteriores.

Como é seu direito, você não deve se envergonhar de fazer isso.

Imagem 6 -Anuidade como ter uma conta digital sem taxa anual
Negocie a anuidade e ao final avalie se vale a pena continuar com o banco em questão.

A anuidade não tem nenhuma ligação com os benefícios do cartão.

É apenas mais uma tarifa.

Não se envergonhe de insistir na isenção da anuidade e parecer um cliente chato.

Lembre-se: é o seu dinheiro que está em jogo!

Caso digam que só conseguiram reduzir uma porcentagem no valor, continue insistindo.

Não se envergonhe de defender o fruto do seu trabalho.

Negocie e solicite a isenção da anuidade sob pena de cancelamento do cartão.

Uma das duas opções que poderão acontecer:

  1. Receber a isenção da anuidade e desligar o telefone com sensação de dever cumprido e economia feita.
  2. O atendente passar o número do protocolo de cancelamento e te encaminhar para o setor responsável.

Nesse momento, cabe a você tomar uma decisão:

“Fico com o cartão e pago a anuidade?”

“Cancelo o cartão, busco por alguma opção sem anuidade e economizo com a tarifa?”

Aí é com você. Pense bem.

2. Converse com o seu gerente e veja as possibilidades que ele oferece

Embora seja comum os gerentes das contas dizerem que tudo “foge à sua alçada”, na prática, não é bem assim que funciona.

E isso vale para alguns cartões de crédito, principalmente aqueles que são emitidos junto com a abertura da conta.

Dessa forma, se você tem um bom relacionamento com o banco, como dinheiro investido, serviços contratados (capitalização, seguro, débito automático, recebimento de salário), então, solicite os seus direitos como cliente, que é uma taxa melhor!

Imagem 7 -Anuidade como ter uma conta digital sem taxa anual
Os programas de recompensas estão em alta, todos querem mais benefícios, fique atento.

3. Busque por pontos em programas de recompensa do banco

É cada vez mais comum encontrar programas de recompensas.

As pessoas querem benefícios em troca dos seus esforços financeiros.

Por isso, muitas instituições que emitem e administram cartões oferecem programas de recompensas para abater também o valor da anuidade.

Essa informação nem sempre é muito clara, mas vale a pena você buscar para, quem sabe, conseguir a isenção dessa tarifa.

4. Caso você tenha investimentos, apele para esse lado

Infelizmente, esse é outro aspecto sobre o qual falta informação.

Quando você possui investimentos no banco, você é visto como um excelente cliente e é de grande interesse da instituição que você continue com ela.

Por isso, caso você possua valores investidos no banco, busque seus direitos na redução das tarifas.

Clientes com valores acima de R$ 50.000,00 ou R$ 100.000,00 conseguem grandes benefícios em excelentes cartões.

É claro que essa não é uma quantidade muito fácil de se conseguir, mas também não é impossível e, se for a sua realidade, saiba que é possível continuar economizando.

5. Veja se existem pacotes de serviços no seu banco

Imagem 8-Anuidade-como-ter-uma-conta-digital-sem-taxa-anual
Ao abrir uma conta, vá ao banco escolhido para esclarecer todas as suas dúvidas e atente-se as práticas aplicadas pelo serviço.

Fique atento, pois alguns bancos costumam incluir o valor da anuidade no pacote mensal de serviços bancários.

Isso não é um prática que o Código de Defesa do Consumidor regulamenta, mas pode acontecer.

Algumas pessoas preferem assim, pois acabam pagando como um valor embutido na conta e passa “despercebido” no cartão de crédito.

Mas não se iluda, pois você está pagando de qualquer jeito e, como já mencionei aqui, existe a possibilidade de não pagar.

Então, quando for abrir sua conta, já fique atento à todas as políticas de cobrança do banco para que você não tenha descobertas desagradáveis mais tarde.

Muitas vezes, você acaba pagando por um serviço que nem sabia que existia.

6. Analise se existem as opções de bandeiras grátis

Essa é uma particularidade de alguns cartões em específico.

Mas como funciona?

É o seguinte: se você possui um cartão Visa, terá isenção na bandeira Master ou vice-versa, no caso de manter os dois cartões ativos.

No entanto, solicitar a isenção da anuidade nesses casos pode ser mais difícil, já que as instituições financeiras consideram estar disponibilizando dois e não apenas um cartão.

Assim, fica a seu critério considerar se vale realmente a pena pagar a anuidade.

E mesmo que você cancele o cartão do qual se cobra a anuidade, ela passa a ser cobrada do outro cartão. Então, não tem muito como escapar.

7. Que tal abandonar o cartão de crédito?

Antes de qualquer coisa, entenda que o cartão é apenas um meio de pagamento.

Imagem 9 -Anuidade como ter uma conta digital sem taxa anual
Cartão ou dinheiro? Avalie qual melhor atende as suas necessidades.

Ele está longe de ser o vilão que muitos defendem ser.

O dinheiro de plástico obedece às suas ordens.

Se você quer gastar mais, mesmo sem ter como pagar, não é culpa dele.

Entendido isso, talvez você reflita melhor e veja que não é um usuário feito sob medida para o cartão.

Ou não sabe utilizá-lo, ou sequer o utiliza.

Nesses dois casos, talvez o melhor mesmo seja abandonar o cartão de crédito.

Afinal, alternativas de pagamento existem.

Elas têm vantagens e desvantagens na comparação com o cartão, mas cabe a você avaliar.

Tem dinheiro vivo, cartão de débito e hoje também existem os cartões pré-pago.

Busque aquilo que combine mais com seu perfil de consumo.

E tenha foco sempre na sua saúde financeira.

Se não tem controle suficiente, não é errado e nem motivo de vergonha admitir o problema e dar um tempo no cartão.

Conclusão

Ao final desse artigo, você já percebeu que é possível, sim, economizar com anuidade.

Muitas vezes, dá até para eliminá-la de uma vez por todas.

As instituições financeiras batalham por clientes e, nessa busca por uma vantagem competitiva, esse pode ser um ponto de apoio para você que quer economizar.

É uma questão de escolha.

Além disso, se você decidir que precisa, de fato de um cartão para uso pessoal, existem muitas alternativas que são mais econômicas e que podem oferecer as mesmas soluções de um cartão de crédito com anuidade.

A conta.MOBI, além de ser uma conta digital livre de tarifas, ainda tem uma opção muito

Imagem 10 -Anuidade como ter uma conta digital sem taxa anual
Tenha uma conta digital baseada em um cartão pré-pago com várias funções de internet banking. Venha para a conta.MOBI!

vantajosa que é o cartão de débito Visa internacional, a bandeira mais aceita em todo o mundo.

É, de fato, uma solução completa para você cuidar bem do seu dinheiro.

E vale a pena fazer essas economias que parecem pequenas, pois, ao final, esse dinheiro pode ser investido para trabalhar a seu favor.

Um real que seja, trabalhando para você, vale mais do que nas mãos de outras pessoas, não é mesmo?

Cuide do seu dinheiro, dos seus investimentos e nunca deixe de negociar com a finalidade de economizar.

Sem dúvidas, esse é um comportamento que faz toda a diferença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.