Posted in:

Dia da Liberdade de Impostos: Você está pagando mais do que imagina, mas há solução

Imagem 1 - Dia da Liberdade de impostos

Você sabe o que é o dia da liberdade de impostos?

Neste artigo, proponho uma importante reflexão válida para você, como cidadão ou empreendedor, baseada na simbologia da data de hoje! 

Provavelmente você nem percebe, mas tem pagado muitos impostos para o governo.

Calma, não estou dizendo que você pensa que paga poucos impostos.

Vemos o tempo todo nos jornais que o Brasil é um dos países com maior carga tributária no mundo todo.

Mas em meio a correria e a alta complexidade da cobrança desses tributos muitas vezes você não consegue enxergar como pagamos caro devido às cobranças do governo.

Pra você ter uma ideia, até hoje, 30 de maio de 2017, enquanto escrevo para você o governo brasileiro já arrecadou 909.004.507.117,83, de acordo com o site Impostômetro.

O pior é que essa arrecadação não para:

Quando paro para pensar na velocidade que esses números aumentam começo a perceber porque as coisas são tão caras no Brasil, não é mesmo?!

Fazendo as contas

Imagem 2 - Dia da liberdade de impostos
Se colocar na ponta do lápis você vai se chocar! Todas as despesas poderiam ser significativamente reduzidas se não estivesse embutido no valor final tantos impostos.

Sabe aquele almoço que você come no restaurante perto do trabalho (arroz, feijão, carne e salada) e paga R$ 15,00?!

Então, R$ 4 reais são para o governo.

Já aquele chopp maravilhoso de sexta-feira poderia lhe custar apenas R$ 4,40, ao invés dos R$ 10,00 que você paga, se não fosse necessário pagar R$ 5,60 para o governo sobre cada chopp consumido.

E nem pense em beber vodka , pois no caso da dose de R$ 7,00 apenas R$ 1,30 referem-se a bebida os R$ 5,70 restantes são impostos a pagar.

E mesmo quando você resolve ficar em casa para evitar gastos, ainda vai ter que dar quase metade do que você paga na conta de energia elétrica ao governo.

Isso sem contar o peso dos impostos sobre produtos que são essenciais no seu dia a dia.

O smartphone que você comprou rendeu 33% ao governo.

Já gasolina que você precisa para se locomover gera 56% ao cofre público.

E quando você comprou o seu carro, 35% do valor que você pagou só existiu por causa dos impostos.

Acredito que como eu você também já esteja cansado de pagar tantos impostos.

E ache um absurdo que tanto seja arrecadado com tão pouco retorno no seu dia a dia.

Pois ainda não conseguimos enxergar uma perspectiva de melhora na educação, saúde, segurança.

Não é uma loucura?

Dia da Liberdade de Impostos

Por esse motivo, para protestar contra tantos impostos, realiza-se no dia 1º de junho o dia da liberdade de impostos.

Data em que várias empresas vendem parte de seus produtos e serviços sem os impostos para que todos possam perceber essa alta carga tributária de que estamos falando.

E sabe o que é mais impensável sobre o Dia da Liberdade de Impostos?

Esta data é escolhida por que todos os rendimentos que você recebeu até o dia 1º de junho servirão somente para pagar o governo.

O seu dinheiro só começa a ser seu de verdade à partir do dia 2 de junho.

Percebeu como é absurda a quantidade de impostos que você paga?

E isso porque só conversamos sobre os impostos que você paga no seu dia a dia.

A difícil jornada de empreendedores

Imagem 3 - Dia da liberdade de impostos
INSS, PIS, COFINS, ICMS, ISSO, IRPJ, CSLL e mais uma infinidade de impostos… como fazer um negócio crescer e lucrar diante de tantas despesas?

Quando levamos em consideração a vida de autônomos e pequenos empreendedores, a obrigação é ainda maior e a carga tributária mais pesada.

Eles têm a obrigação de pagar INSS, PIS, COFINS, ICMS, ISS, IRPJ, CSLL.

Uma verdadeira sopa de letrinhas que leva, sem que você perceba, 3%, 4% às vezes até 20% de tudo que você vende na forma de impostos.

Mas para essa questão eu tenho uma ótima sugestão para você.

Imagine conseguir abrir o seu negócio de forma legal.

Com baixa burocracia, podendo faturar até R$ 60 mil reais em um ano, pagando somente R$ 52,85 por mês.

Parece mentira?

Mas não é!

MEI: a resposta para a economia com impostos

Imagem 4 - Dia da liberdade de impostos
Os impostos do MEI são pagos por meio do DAS, Guia no valor de até 52,85, a qual quita suas obrigações tributárias.

Estou falando do Microempreendedor Individual (MEI).

Uma opção de formalização para pequenos empreendedores que faturam uma média de R$ 5.000,00 por mês.

E que tenham no máximo um empregado ajudando com carteira assinada.

Se você se identificou com essa descrição terá a chance de formalizar o seu negócio em cerca de 30 minutos.

De forma simples e com segurança.

Sem a cobrança de nenhuma taxa de abertura.

E pagar como imposto mensal o valor de apenas R$ 52,85 por mês, por meio do DAS – Guia de Recolhimento Mensal do MEI.

E sabe o que  melhor?

Ao fazer essa regularização você ainda garantirá os seus direitos junto ao INSS.

Terá uma empresa formalizada e poderá até mesmo emitir nota fiscal para empresas quando for exigido.

Você gera segurança para você e capacidade de crescimento para o seu negócio.

Conclusão

Imagem 5 - Dia da liberdade de impostos
Se você quer você quer vencer como empreendedor, sem ter que ligar com a dificuldade de arcar com altíssimas despesas tributárias, formalize-se e seja um MEI. Conduza seu negócio rumo ao sucesso!

Se você é um empreendedor que deseja formalizar o seu negócio, mas não sabe por onde começar, clique aqui e baixe o nosso e-book.

Você aprenderá o passo a passo completo da formalização do Microempreendedor Individual.

E poderá dar o primeiro – e importante – passo para profissionalizar e crescer seu negócio.

Trabalhando na legalidade e garantindo seus direitos de contribuinte.

Sem que para isso precise trabalhar, aproximadamente 150 dias do ano só para pagar seus impostos.

Se após fazer a leitura do ebook e aprender tudo sobre a formalização, ainda tiver dúvidas, sugiro esclarecer suas dúvidas gratuitamente com um Contador do Bem, por meio do portal do Programa Contadores do Bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.