Posted in:

Páscoa: Como sair do óbvio e ganhar dinheiro mesmo sem vender chocolate?

Imagem 1 - Páscoa como ganhar dinheiro mesmo sem vender chocolate

Que tal fazer da Páscoa uma oportunidade para ganhar dinheiro?

Muita gente tem a mesma ideia, é claro.

Mas você já parou para pensar que quase todo mundo acaba direcionando seu negócio nesta época para a venda de chocolates?

Sim, de fato, é um tremendo sucesso apostar nesse produto.

Seja com os clássicos ovos de Páscoa, em barras, bombons ou qualquer outro formato, chocolate é a bola da vez para obter uma renda extra.

Por outro lado, por que ficar no óbvio?

Será que essa data comemorativa não oferece outras possibilidades de fazer dinheiro?

Eu afirmo que sim e, neste artigo, vou falar sobre algumas delas.

E mais: você vai conferir ao longo da leitura dicas para começar um negócio, planejar as vendas e faturar alto.

Não deixe a ocasião passar.

A Páscoa está chegando, a hora é agora e você ainda pode lucrar.

Quem sabe o que começa como uma atividade informal, para juntar algum dinheirinho, acabe se tornando a próxima e promissora empresa brasileira?

Confiante?

Esse é o espírito!

Na Páscoa, a única oportunidade de ganhar dinheiro é vendendo chocolate?

Imagem 2 - Páscoa como ganhar dinheiro mesmo sem vender chocolate
Quer começar a empreender nesta Páscoa, mas sair do óbvio? Saiba que a venda de chocolates não é a única possibilidade para você!

Então, Páscoa só serve para vender chocolate?

Passa longe disso.

Essa é uma ocasião perfeita para iniciar um negócio.

E é claro que isso se justifica não apenas pelos chocolates.

Há tanta coisa interessante envolvida com a data e que você pode explorar.

Talvez só esteja faltando olhar um pouco além para enxergar o que não é tão óbvio.

Será que não é o seu caso agora?

Em primeiro lugar, vale a pergunta: no que você é bom?

Qual o seu dom, o seu talento?

Se é craque na cozinha, o chocolate é só uma das opções.

Se tem facilidade para trabalhos manuais, pode explorar tudo o que o artesanato oferece.

Pense. Reflita.

Faça uma pesquisa de mercado, mesmo que não em nível profissional.

O seu desafio aqui é identificar a oportunidade, encontrar o público-alvo, compreender as necessidades e interesse dele e partir para o ataque.

Perceba que essa é uma estratégia tão bacana que não o impede de atuar em outras frentes.

Por exemplo, caso esteja empregado ou mesmo tenha outro negócio no momento, pode investir na Páscoa como uma forma de renda extra.

Quem já atua como vendedor de rua ou ambulante, por exemplo, pode aproveitar a data para agregar valor ao que já oferece e, assim, conquistar novos clientes.

E aqueles que estão na fila do desemprego são ainda mais beneficiados.

É a chance perfeita de ganhar dinheiro e, quem sabe, dar o pontapé inicial em um novo negócio.

Faz sentido para você?

Então, acompanhe no próximo tópico dicas mais do que especiais para lucrar na Páscoa.

9 dicas de como ganhar dinheiro na páscoa sem vender chocolate

Imagem 3 - Páscoa como ganhar dinheiro mesmo sem vender chocolate
Uma boa opção para você investir é na fabricação de bolos caseiros para completar o almoço de páscoa, que tal?!

Você certamente conhece alguém que vende chocolate na Páscoa.

Se não é um familiar, é um colega de trabalho ou amigo, ainda que distante, que você só vê no Facebook.

Aliás, muitas vezes, é através da rede social que vê pessoas ganhando dinheiro dessa forma.

Quer ser a próxima?

Boa escolha!

Mas não sabe como fazer chocolate e a concorrência desanima?

Há outros caminhos!

Quer ver só?

1. Bolos e tortas caseiros

Vou começar ainda pela área culinária.

Iniciar um negócio de produção de bolos e tortas em casa na Páscoa é uma bela sacada.

Em primeiro lugar, nem todo mundo gosta de chocolate.

Em segundo, um bolo serve como o acompanhamento perfeito para receber amigos na data.

Em terceiro, é a oportunidade de inovar e ser valorizado por isso.

Negócios de sucesso, muitas vezes, nascem assim.

Alguém se propôs a pensar fora da caixa e oferecer algo diferente.

Que tal, então, bolos e tortas temáticos?

A cada nova data comemorativa, você pode criar receitas com ingredientes que façam referência a ela.

E também com formatos que sigam essa mesma linha.

Quer um exemplo?

Um bolo em forma de coelho certamente faz sucesso – e não só entre a criançada.

Se a ideia der certo, já dá para pensar em outras oportunidades para mostrar o seu talento na cozinha.

2. Arranjos temáticos

Você nunca viu uma guirlanda de Páscoa?

As pessoas adoram colocar um item de decoração na porta, mas isso não precisa ficar restrito ao Natal.

Quem cria adereços do tipo relacionados à Páscoa já descobriu isso na prática.

Mas os arranjos temáticos não são exclusivos para a entrada da casa.

Podem estar sobre a mesa, por exemplo.

Ou em cestinhos para colocar os ovinhos de Páscoa.

E até mesmo em panos de copa, com uma pintura bonita e detalhes alusivos a essa data especial.

O bom desse mercado é que o público-alvo é vasto.

Você pode tanto ter clientes que querem os seus produtos para decorar as casas, como aqueles que querem deixar a empresa com um toque mais adequado ao período do ano.

O segredo é dar asas à sua imaginação.

Crie peças únicas.

Ainda que haja concorrentes, ninguém terá um produto igual ao seu.

E talvez seja ele que chame mais a atenção das pessoas.

Aposte nessa ideia!

3. Doces personalizados

OK, talvez alguns doces tenham chocolate.

Mas o produto derivado do cacau não é a estrela aqui.

Em um negócio de doces personalizados, o sucesso está em saber aproveitar as oportunidades.

E a Páscoa é uma delas, com toda certeza.

Ainda mais que a preocupação das pessoas com a sua alimentação é crescente.

Dá para apostar alto em doces sem lactose ou em versões diet, por exemplo.

Isso sem falar no mercado gourmet, que valoriza produtos de alta qualidade, tanto no sabor quando na embalagem.

Enfim, nesses casos, não é só o produto, mas uma experiência completa.

Mas vale ainda apostar no básico, como doces em forma de coelhos, cenouras e outros motivos ligados à Páscoa.

Pesquise o que as pessoas têm feito e o que potenciais clientes têm buscado.

Pode estar aí a chave para oferecer algo diferente e ganhar em competitividade.

4. Cestas personalizadas

Seguindo na linha da personalização, as cestas de Páscoa são um capítulo à parte.

Muita gente acha que presentear com ovos é simples demais.

Que há pessoas queridas que merecem um mimo mais elaborado.

Para esse público, uma cesta personalizada, com os produtos escolhidos a dedo e um visual a gosto do cliente pode ser um negócio muito promissor, em especial nesta época do ano.

Se você acredita ter talento para isso e muito bom gosto, por que não começar?

É importante caprichar bastante.

Para isso, saber ouvir o cliente é essencial.

O melhor desse tipo de negócio é que, devido à personalização do item, são maiores as chances de ele sair satisfeito.

Quem sabe até vire um fã e divulgador do seu trabalho?

Pode ser só o começo de uma futura empresa de sucesso.

5. Artesanato

Os arranjos, sobre os quais falei no item 2, são uma forma de artesanato.

Mas quem tem esse dom nas mãos conta com inúmeras possibilidades.

Dá para fazer desde pequenas joias e adereços para combinar o estilo à data.

Objetos de decoração, então, nem se fala.

Coelhos de tecido para fins diversos, caixas em MDF, brinquedos, bichos de pelúcia, enfeites fabricados em biscuit…

A verdade é que toda pessoa com propensão ao artesanato tem na Páscoa uma época perfeita para ganhar dinheiro.

Se você já cria suas peças em casa, não deixe de aproveitar a data e todo o seu potencial.

Se ainda não pratica, por que não começar agora?

Mais uma vez, não se preocupe tanto com a concorrência.

Lembre que você vai oferecer peças únicas aos seus clientes.

6. Serviços de delivery

Tudo é tão prático hoje em dia que muitas pessoas simplesmente não saem de casa para fazer suas compras.

Isso vale não apenas para a Páscoa, mas também se aplica ao dia a dia.

Com a tecnologia disponível, encomendas por WhatsApp, por exemplo, são mais do que comuns.

O problema é que nem todos têm estrutura para entrega.

Nesses casos, solicitam ao cliente para ir buscar o pedido, o que nem sempre agrada.

Problema para alguns, solução para outros.

Se você tem carro ou moto, pode estar nascendo aí a sua futura empresa de delivery.

Por que não fazer entregas nas casas das pessoas?

Isso vale para qualquer um dos produtos já citados aqui.

Sejam arranjos, cestas, doces ou qualquer item de artesanato, você pode ser o elo entre quem produz e seu cliente final.

Com toda certeza, uma ótima oportunidade para ganhar dinheiro.

7. Personagens infantis

Lembra daquela ideia de fazer diferente, inovar e pensar fora da caixa?

As pessoas adoram experimentar algo novo e até inusitado.

A Páscoa é uma data religiosa, é verdade, mas é também uma época de forte apelo infantil.

A criançada adora – e não apenas pelos chocolates e presentes.

Não entendeu ainda aonde quero chegar, não é?

E se você fosse contratado para fazer a alegria dos pequenos nesta data?

Pode ser só para a entrega dos ovos de Páscoa, devidamente fantasiado de coelho, ou até para animar festinhas infantis.

Tenha sempre em mente que empresas de eventos raramente começam grandiosas e faturando algo.

Uma primeira experiência como essa pode ser o começo de um negócio promissor.

Para quem tem uma veia empreendedora, por que não?

8. Venda de peixes

Como lembrei no tópico anterior, a Páscoa é uma data religiosa.

Dois dias antes, na Sexta-Feira Santa (ou Sexta-Feira da Paixão) muitas pessoas não comem carne que não seja a de peixe.

É uma tradição que sobrevive há muito, muito tempo.

Obviamente, você não vai começar a criar peixes hoje para vender na Páscoa.

A ideia não é essa.

Mas por que não ser novamente o elo entre o produtor e o cliente final?

Pesquise na sua região.

Veja quantos piscicultores de pequeno porte poderiam se beneficiar de uma estratégia de vendas sobre a qual não têm tempo e nem conhecimento para planejar.

Se você é bom com vendas, pode garantir que não falte peixe na mesa das pessoas.

De quebra, vai sobrar dinheiro no seu bolso.

Vale destacar que a tecnologia é grande parceira nesse projeto.

Várias são as ferramentas de vendas com as quais pode se comunicar com potenciais clientes.

Escolha o canal mais adequado para o público e invista nele.

9. Cursos

Se você tem um perfil mais digital, a Páscoa também reserva boas oportunidades.

Caso tenha talento para qualquer uma das atividades já relacionadas aqui, que tal passar esse conhecimento adiante?

Como já destaquei, muita gente quer vender chocolate, mas não sabe como.

O mesmo ocorre com algumas das pessoas que veem no artesanato a chance de fazer uma renda extra na Páscoa.

Seja qual for o seu talento, se ele tiver ligação com a data, aproveite.

Criar um infoproduto é mais fácil do que imagina.

E o melhor: ao usar uma boa plataforma de vendas online, é só produzir uma única vez e acompanhar sua conta “engordar”.

Se vai apostar nessa estratégia, pesquise bastante e tenha um plano de marketing.

Ele é essencial tanto para a divulgação do lançamento do curso para seguir atraindo interessados.

Um site com blog é indispensável, assim como explorar as redes sociais.

É provável que dê mais trabalho do que as possibilidades anteriores, mas também tem um potencial de lucro maior.

As chances de o negócio evoluir para uma empresa digital são bem grandes.

Bônus: lembre-se vender chocolate nesta época é sempre sucesso

Imagem 4 - Páscoa como ganhar dinheiro mesmo sem vender chocolate
Se não sabe o que vender, invista no chocolate! Para o ano todo essa é uma boa escolha, mas na páscoa é sucesso garantido!

Embora o chocolate não seja o foco deste artigo, como falar em Páscoa sem lembrar dele?

Você pode fugir do óbvio, mas também apostar no clássico.

A verdade é que vender chocolate nesta época é sucesso garantido.

Isso vale para todos os seus formatos, como ovos, barras, trufas, bombons e até brigadeiros.

As pessoas amam chocolate.

Não é preciso citar nenhuma pesquisa para afirmar isso sem medo de errar.

Sempre há exceções, mas seu público-alvo é gigantesco.

Também por isso, a concorrência acompanha.

Então, a dica que posso dar é para que busque se diferenciar.

O cuidado em oferecer um sabor agradável é o básico.

E isso depende de uma receita adequada e de uma boa “mão” na cozinha.

Mas outros também vão oferecer verdadeiras delícias.

É essa a realidade que o força a ter algo exclusivo seu.

Pode ser o atendimento, talvez a forma de receber os pedidos, de entregar e até mesmo de cobrar o cliente.

Você já ouviu falar do link de pagamento, por exemplo?

Essa é uma solução nova, mas que já faz grande sucesso.

Basicamente, o vendedor gera um link e envia para o cliente por um dos vários canais disponíveis (como WhatsApp, e-mail e redes sociais).

O cliente, então, usa esse link e ali escolhe como pagar.

Pode fazê-lo no boleto ou no cartão de crédito, até mesmo de forma parcelada.

E nem precisa sair de casa, o que é uma vantagem a mais.

Se ainda não conhece essa solução, vale se informar.

Como se preparar para as vendas na Páscoa

Imagem 5 - Páscoa como ganhar dinheiro mesmo sem vender chocolate
Se vai começar a vender na páscoa, é melhor ir se planejando e estruturando o seu negócio para conseguir atender a todas as demandas.

Escolheu o caminho para ganhar dinheiro na Páscoa?

Então, agora é hora de se preparar para as vendas.

Por preparação, é claro, entenda planejamento.

Não importa o nível de formalidade do seu negócio: ele só decola se tiver uma estratégia bem construída.

O plano de negócios é o documento no qual o futuro empreendedor detalha as ações necessárias para tirar a ideia do papel e caminhar com ela para sobreviver, crescer e prosperar.

Se você pensa em atuar como autônomo, não precisa ter um documento super elaborado, é claro.

Mas veja que esse esforço é importante porque será um mapa do negócio, uma espécie de guia para as suas ações.

Seja na Páscoa ou em qualquer outra época do ano, você tem aí uma etapa imprescindível.

Ela responde, por exemplo, sobre a viabilidade da sua ideia.

Especialmente para quem vai lidar com alimentos, é preciso atenção redobrada.

Nesses casos, há regras rígidas da Vigilância Sanitária a seguir.

E esse é apenas um dos exemplos.

Para estar devidamente preparado, você precisa estudar o mercado, saber quem é o seu público-alvo e o que ele espera dos produtos que consome.

Como os concorrentes têm se movimentado?

Quais são os fornecedores no seu nicho e como se comportam no que diz respeito a prazos e qualidade?

E você, com que recursos conta para se aventurar nessa jornada?

Tem o espaço adequado para o negócio?

Condições financeiras para tocar a ideia?

Antes de pensar nas vendas, há muito com o que se preocupar.

E como dá para perceber, a escolha do nicho a atuar é apenas uma das etapas.

5 passos indispensáveis para vender mais na Páscoa

Imagem 6 - Páscoa com ganhar dinheiro mesmo sem vender chocolate
Para não perder vendas, você precisa oferecer diferente formas de pagamento aos seus clientes. 

Vou relacionar agora dicas práticas para você definir uma estratégia de vendas para a Páscoa.

Se você já tem uma ideia clara sobre o que vai oferecer para vender na data, resta só estabelecer uma estratégia para maximizar os resultados.

Pronto para elevar o faturamento?

1. Capriche no visual

Se você vai vender em uma loja física, precisa de uma vitrine à altura da data.

Se vai vender na rua, necessita se destacar na multidão também com visual e apetrechos relacionados à Páscoa.

Já se for vender em loja virtual, o seu site é a porta de entrada e a Home dele precisa receber o tratamento de vitrine.

Seja qual for o espaço onde a venda vai ocorrer, a decoração com a temática do momento ajuda a obter resultados melhores.

2. Divulgue nas redes

O uso das redes sociais nos negócios tem um poder e tanto.

Além de ser através desses canais que você vai interagir com os clientes, respondendo a dúvidas e comentários, há todo o apelo de divulgação.

É como dizem: uma imagem vale mais do que mil palavras.

E não tenha dúvida de que pode aumentar as vendas com essa estratégia.

Seja para foto ou vídeo (que é muito recomendado), Facebook, Instagram e YouTube são as favoritas para estar na sua estratégia.

3. Use o WhatsApp

As pessoas, de modo geral, não desgrudam do WhatsApp.

Elas aprenderam a usar o aplicativo para soluções diversas, pegaram gosto pela coisa e agora não querem mais outro canal.

Receber pedidos pelo app, então, virou parte inseparável da estratégia de vendas na Páscoa e em qualquer data.

Só tenha o cuidado de deixar as regras bem claras para não misturar sua vida pessoal com a profissional.

Tenha horários para uso da ferramenta e, dentro desse período, jamais deixe o cliente esperando.

4. Venda adicional

Uma das melhores formas de ganhar dinheiro na Páscoa é aproveitar o embalo do cliente e convencê-lo a agregar um produto à sua compra.

Como?

É fácil de entender.

No caso da venda de artesanato, por exemplo, ele pode comprar uma guirlanda e ser instigado a levar também um arranjo de mesa, para completar a decoração da casa.

Se levar um ovo de Páscoa, por que não investir também em uma deliciosa trufa?

Seja qual for o seu negócio, analise as possibilidades de venda adicional.

5. Faça promoções

Aqui, não confunda promoção no sentido de evento com a concessão de descontos.

Embora essa segunda estratégia também seja válida para diferentes momentos, quero falar sobre uma em especial.

A ideia é gerar atenção sobre o seu negócio.

Para isso, vale distribuir brindes ou até mesmo promover um sorteio.

O que muitas empresas fazem hoje em dia é uma promoção no Facebook, na qual sorteiam um brinde entre todos aqueles que curtiram e compartilharam uma peça de divulgação.

Pode ser muito eficaz para vender mais na Páscoa.

Conclusão

Imagem 7 - Páscoa como ganhar dinheiro mesmo sem vender chocolate
A páscoa está chegando e essa é uma excelente oportunidade de tirar o seu negócio do papel e ganhar dinheiro. Mãos a obra?!

Então, o que achou das ideias de negócios para a Páscoa?

Está mais animado e, quem sabe, inspirado para aproveitar a data e fazer acontecer?

De tudo o que conferiu ao longo deste artigo, lembre-se da importância de ter ações planejadas.

Não corra o risco de investir tempo e dinheiro em um projeto mal lapidado, no qual há arestas que vão acabar prejudicando os resultados.

Tenho certeza de que a Páscoa pode ser a ocasião perfeita para você ganhar dinheiro.

Quem sabe até para iniciar um negócio?

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.