Posted in:

Produtos para revenda: tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda

Imagem 1 - Produtos para revenda tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda
Produtos para revenda: tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda
3.8 (76%) 5 votes

Se você sonha em se dedicar exclusivamente a uma profissão autônoma, optar por produtos para revenda pode ser a solução.

Mesmo que neste momento você ainda não queira abrir mão do seu trabalho registrado, e pense apenas em uma renda extra, há um horizonte amplo em revender produtos.

Inclusive, o seu atual local de trabalho é de onde pode sair a primeira clientela.

A princípio, essa atividade pode até parecer bem simples.

No entanto, como em qualquer outro empreendimento, você deve ser uma estrutura planejada e organizada para iniciar o seu negócio.

É necessário pesquisar o seu público-alvo e os tipos de produtos para revenda que você gostaria de trabalhar, que tenha aptidão e conhecimento para seguir em frente.

Logo, você pode ter um negócio que se inicia com um propósito e que, com motivação, tem tudo para continuar firme em busca do sucesso.

Já deu para você perceber que são muitos detalhes envolvidos, certo?

Por isso, no artigo de hoje, vou esclarecer essas e outras questões que envolvem o início de um negócio que consiste em produtos para revenda.

Interessado? Então, siga a leitura.

Produtos para revenda: entenda esse tipo de negócio

Imagem 2 - Produtos para revenda tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda
Modelo antigo de negócio, os produtos para revenda é uma modalidade que vem se reinventando com a possibilidade das revendas online.

Primeiro, você precisa entender que negócio é esse de revender produtos, afinal.

Esse é um modelo antigo, que acabou acompanhando a tecnologia e se modernizando.

Agora, com a necessidade de obter uma renda extra e até mesmo pelo desejo de empreender, essa opção vem se popularizando.

E sim, se bem executado, pode ser um negócio muito, muito lucrativo.

Produtos para revenda nada mais é do que ser um intermediador entre quem fabrica e quem compra como consumidor final.

Com isso, seu principal trabalho é a venda e a entrega do produto ao seu cliente.

Em praticamente todos os casos, o fabricante sequer conhece o consumidor final, já que você é o cliente dele.

Assim, você não tem necessidade de fabricar um produto, que seria o caso de quitutes ou docinhos para festa, por exemplo (uma opção também bastante interessante, mas que fica para outro artigo).

Então, que produtos seriam esses? Vou relacionar agora as opções.

Produto para revenda por catálogo

Como disse acima, esse tipo de negócio é antigo e a modalidade de revenda por catálogo já é muito conhecida do brasileiro.

Esse é o modelo adotado por empresas de cosméticos, como Avon, Natura e Jequiti e até de artigos de cozinha, como é o caso da famosa Tupperware.

Foi também dessa forma que surgiu a tradicional revista Hermes, anunciando desde utilidades domésticas a artigos de vestuário.

Uma das maiores vantagens desse modelo é que você não precisa investir em estoque para iniciar o negócio.

No entanto, há empresas que exigem que o revendedor compre um kit inicial de vendas.

Que possui um valor muito baixo quando comparado ao investimento inicial necessário para outros tipos de negócios.

Além disso, trata-se de um negócio confortável, que você pode praticar em qualquer lugar.

Não é necessário levar uma sacola de produtos, ter um carro com todas as amostras e estoque.

Percebe como é vantajoso?

Com o catálogo em mãos, só é necessário praticar a arte da comunicação assertiva para que seus clientes escolham os produtos do catálogo e façam a encomenda para você.

É claro que ter amostras dos produtos que mais vendem pode ser um diferencial interessante.

No entanto, isso pode ser feito ao longo das suas vendas e conforme você for adquirindo sua clientela.

A margem de lucro desse tipo de negócio é de aproximadamente 30%.

Ela se torna ainda mais atrativa quando consideramos que você não terá despesas com uma loja física e funcionários, por exemplo.

É um negócio para ganhar, também, na quantidade.

Além disso, nenhuma dessas empresas pedem contrato de exclusividade.

Isso significa que você pode representar várias ao mesmo tempo.

Assim, você terá um mix de produtos muito rico, que se complementam e atendem a todas as necessidades, gostos e perfis de clientes.

Com isso, a energia que você gasta em suas vendas é otimizada e o mesmo acontece com suas receitas.

Outra vantagem é que, devido à sua simplicidade operacional, não é necessário deixar o seu emprego até se estabilizar no seu novo negócio.

E se esse não for o seu caso, você pode trabalhar em casa mesmo.

Produtos para revenda em consignação

Além da revenda por catálogo, outro tipo que exige pouco ou zero investimento inicial é a revenda em consignação.

Esse formato é um pouco diferente na questão operacional.

Funciona assim: você não precisa comprar produtos para revender, mas o fabricante cede as mercadorias em troca de margens maiores de lucro.

Você ganha menos, mas não investe praticamente nada no início. E se não vender, pode devolver os produtos.

A maior vantagem, sem dúvidas, é poder iniciar um negócio sem ter que fazer grandes investimentos.

Embora as margens de lucro não sejam tão recompensadoras como na revenda através de catálogo, continua sendo uma boa ideia de negócio.

Pois também é possível ganhar na quantidade.

Aqui, entram produtos como bijuterias, lingerie e enxovais.

Esse não é um modelo de negócio muito difundido, pois envolve relações de confiança entre vendedor e fornecedor.

Afinal, o fornecedor oferece os seus produtos para você revender.

Produtos para revenda pela internet

Imagem 2.3 - Produtos para revenda tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda
Roupas são produtos preferenciais quando o assunto é revenda pela internet.

É claro que não poderíamos deixar passar em branco as oportunidades que a tecnologia trouxe.

Por isso, vou falar também sobre as portas que a internet abriu a quem deseja ter o próprio negócio.

Essa é uma excelente alternativa para quem deseja trabalha com a revenda de produtos, uma atividade que vem crescendo no Brasil.

Acompanhando a tendência do comércio eletrônico e criação de loja virtual.

Em 2016, segundo o relatório da Webshoppers da consultoria e-Bit, o comércio eletrônico faturou 35,8 bilhões de reais. E vem crescendo em 2017.

Esse tipo de negócio também apresenta baixo custo por não precisar de um estabelecimento físico para iniciar.

E, muitas vezes, quem vende e quem posta os produtos é o próprio empreendedor.

Essa tem sido uma excelente opção para quem deseja faturar um bom dinheiro.

Além disso, pode nem ser preciso ter o próprio site, pois existem portais que permitem que você revenda seus produtos, como é o caso do Mercado Livre.

Lá, você pode escolher entre um anúncio gratuito, que possui menor visibilidade ou um anúncio top, que está nas primeiras páginas.

A vantagem?

Você só paga a taxa de exposição quando vender seu produto.

É claro que aqui estamos falando exclusivamente sobre revender produtos novos.

No entanto, você pode começar agora mesmo vendendo aquilo que não usa mais e está em boas condições.

Conforme você vai vendendo, seus clientes vão lhe qualificando.

Assim, você chega a categorias de vendedor mais ou menos experiente.

Vendedor confiável vende mais. E isso vale para qualquer setor e negócio.

Como escolher os melhores produtos para revenda?

Imagem 3 - Produtos para revenda tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda
São infinitas as possibilidades de produtos que você pode trabalhar, mas vale dedicar um bom tempo estudando as opções para que represente algo que realmente acredita e confia.

Você deve pesquisar o mercado e ver o que está em alta por aí ou mesmo quais as necessidades da sua região.

Encontre brechas e seja um solucionador.

Sempre digo que o empreendedor é um solucionador e se você encontrar uma forma de solucionar as necessidades que seu possível público possa ter, esse é um grande passo para atrair clientes.

Além disso, busque revender algo que o agrade para que seus clientes vejam motivação, empolgação e confiança quando falar sobre os produtos.

As opções de itens para revender são inúmeras: encontre seu lugar ao sol para ter sucesso e uma história de superação para contar.

9 dicas de produtos para revenda que são sucesso

Agora, vou falar da revenda de alguns produtos específicos que vão além dos catálogos, mas que ainda sim podem estar entre os consignados e, principalmente, na internet.

1. Revenda de bolsas importadas

Dentre os vícios femininos, ter mais de uma bolsa é um deles.

Então, que tal aproveitar essa oportunidade?

Além das mulheres gostarem de combinar bolsas, sapatos e roupas, seu desejo e atenção vai para os modelos de marcas mais caras.

Com isso, é possível explorar esse nicho do mercado revendendo bolsas importadas, com preços atrativos e excelente margem de lucro.

Lembrando que, quanto mais conhecida a marca, maior o preço no nosso país.

2. Revenda de perfumes importados

Uma sensação que vai além do setor feminino é o comércio de perfumes. Afinal, homens também querem estar cheirosos.

Cada vez mais vaidosos, o investimento desse público em beleza está praticamente se equiparando ao das mulheres.

E quem resiste a um bom perfume? Aliás, muito se fala sobre a qualidade dos importados.

Há quem seja fiel a um mesmo perfume por muitos e muitos anos e há quem queira experimentar novidades.

Não importa, pois você poderá atender a necessidade de todos.

Além das fragrância importadas, algumas marcas brasileiras estão se especializando em vender apenas perfumes.

Essas acabam oferecendo um estojo com todas as amostras para você apresentar ao seu cliente.

No entanto, alguns nomes de perfumes internacionais já estão muito fidelizados no Brasil e pode ser uma excelente opção em lucratividade também.

Especialize-se na forma de apresentar os produtos para fazer um atendimento profissional e diferenciado.

3. Revenda de bijuterias ou folheados

Bijuterias são outro exemplo de produtos que estão alcançando não somente mulheres, mas também homens que se preocupam com a aparência.

Como já mencionei acima, com as bijuterias, pode-se trabalhar em consignação.

Caso queira ampliar o leque, que tal atuar na produção?

Muitos cursos mostram como fazer produtos diferenciados e muito bem aceitos pelo mercado.

Aqui, não se trata apenas de marca. As pessoas querem variedade de modelos para atender a todos os estilos.

As bijuterias e folheados devem ter boa qualidade.

Seu fornecedor deve ser confiável, principalmente no caso de folheados, em que produtos devem possuir garantia.

Ter garantia é um diferencial e pode colocar você à frente na hora de conquistar o seu cliente.

4. Revenda de cosméticos

Imagem 3.4 - Produtos para revenda tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda
Que tal investir na revenda de produtos de beleza para salões profissionais? Este é um ramo em constante ascensão

Aqui, uma modalidade muito comum são as vendas através de catálogos.

No entanto, como já falei sobre a revenda de produtos de catálogo anteriormente, quero focar em outro ponto.

Um nicho a se explorar é a revenda de produtos para salão de beleza.

Podem ser marcas importadas, que são muito bem aceitas. No entanto, já existem muitas marcas nacionais consolidadas e você pode explorar.

Atender a salões de beleza pode ser muito lucrativo, pois você acaba ganhando também na quantidade, já que esses ambientes consomem muito devido ao fluxo constante de clientes.

Tenha certeza de estar trabalhando com produtos de ótima qualidade para fidelizar seus clientes.

E como estamos falando de atender um estabelecimento comercial, seja atencioso para não deixar seu cliente sem produto para trabalhar.

Isso fará de você um revendedor de confiança, com quem é possível contar.

5. Embalagens personalizadas

Para deixar as opções bastante variadas, gostaria de atentar aqui para o comércio de presentes.

Presentear é algo cultural no Brasil.

Muitas vezes, o presente pode até ser simples, mas as pessoas gostam de caprichar na embalagem.

Já pensou nisso? Que tal aproveitar essa oportunidade de negócio?

Existem pessoas que gostam de personalizar todos os detalhes na hora de presentear alguém.

Além disso, embalagens personalizadas podem ser utilizadas em lembrancinhas de aniversário, casamento ou outros eventos.

Se você tem aptidão para artesanato, pense em desenvolver suas habilidades e criatividade produzindo embalagens, caixas e sacolas personalizadas.

Esses são exemplos, mas com criatividade, as opções são infinitas.

Foque em datas festivas, como dia dos namorados, aniversário, dia dos pais, dia das mães, dia dos amigos, entre outras.

Assim, terá oportunidades para ampliar as vendas o ano todo.

6. Revenda de roupas importadas

Esse pode ser um nicho atrativo, já que muitas pessoas que desejam esse tipo de produto acabam não tenho disponibilidade para ir à loja.

A princípio, você pode até apenas revender roupas, no entanto, na medida que seu negócio for expandindo, você pode montar uma loja de roupas importadas também.

Para iniciar a comercialização, é necessário se cadastrar em uma empresa que ofereça a marca que você deseja trabalhar.

Essa é uma boa opção para conseguir preços mais baixos.

No entanto, você também pode adquirir os produtos separadamente. Mesmo que os preços sejam um pouco mais altos, você garante muita variedade.

7. Revenda de produtos eletrônicos

Como não falar de produtos eletrônicos, não é mesmo?

Talvez esse seja o produto com maior aceitação na atualidade, incluindo aí celulares, tablets e computadores.

O fato é que praticamente ninguém passa um dia sequer sem ter usado um aparelho eletrônico.

Aqui, o importante é que você trabalhe com produtos de qualidade e lançamentos a preço justo.

Além disso, será necessário fazer parcelamento, pois muitas vezes estamos falando de produtos acima de três dígitos.

É importante que você esteja atualizado sobre as novidades do mundo digital.

O que está em alta? Foque nisso.

Se possível, venda sob encomenda para não ter que desembolsar investindo naquilo que nem sempre é a prioridade para o seu cliente.

8. Revenda de roupas de bebê

Essa é uma grande oportunidade para quem quer empreender.

Os bebês crescem muito rápido e as mães precisam comprar roupas por necessidade.

Isso sem falar que elas têm prazer em vestir os pequenos com roupas das mais variadas cores e modelos.

A chegada de um bebê é um momento de grande expectativa e emoção para os pais e você pode estar presente na realização desse sonho.

Para conquistar uma boa clientela, é importante investir em roupas de qualidade para meninas e meninos.

Nesse negócio, a pessoa pode optar se filiar a uma marca ou adquirir os artigos por contra própria e, depois, comercializá-los.

Nessa segunda opção, a recomendação é procurar empresas que comercializam direto de fábrica, pois o preço é menor, sendo possível obter maior lucro.

9. Utensílios de cozinha

imagem 3.7 - Produtos para revenda tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda
Panelas, vasilhas plásticas e uma enorme variedades de utensílios doméstico podem ser seu ponto de partida no ramo de revenda de produtos.

Como falei sobre produtos importados, vale lembrar dos utensílios de cozinha também.

Muitas marcas são desejadas pelas donas de casa, como é o caso da KitchenAid e Le Creuset.

Além disso, utensílios de cozinha são necessários em qualquer casa.

Você pode revender potes, talheres, pratos, copos, jogos americano e outros produtos diversos.

O importante é atender a todos os gostos e públicos para vender mais e ampliar suas possibilidades.

Tenha em mente que trabalhar com produtos baratos pode ser altamente lucrativo.

Muitas vezes, um produto que sai para você a R$ 2,00 poderá ser vendido a R$ 4,00. Isso é 100% de lucro!

Trabalhar com produtos de qualidade a preço justo é conquistar confiança e clientela. Está aí uma boa receita para o sucesso.

O que você precisa fazer para lucrar mais com a revenda de produtos?

Imagem 4 - Produtos para revenda tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda
Planeje-se e negocie com seus fornecedores para que você consiga preço atrativos e diferenciados para seus clientes.

Você já percebeu que ser um revendedor de produtos vale a pena. E muito!

No entanto, para lucrar mais, é preciso estar atento a detalhes.

Saber quem são os seus fornecedores, saber onde você está comprando e se a definição dos preços é justa é um passo importante.

Além disso, a regra de pesquisar e negociar pagamento para conseguir descontos é muito válida.

A maior parte dos fornecedores concede vantagens para o pagamento à vista.

Outro ponto importante para lucrar mais é ter diferenciais. O que o cliente ganha se comprar de você?

Se você fidelizar seus clientes, chegará um ponto em que eles virão atrás de você.

Outra dica importante é que você esteja sempre atento às oportunidades de economia.

Quer exemplos?

Usar WhatsApp para falar com seus clientes ao invés de fazer ligações, tentar reservar um dia para fazer todas as entregas e, se for o caso, ver como pode economizar em impostos.

Também avalie se abrir uma empresa pode ajudar a ampliar o seu negócio com segurança.

Vale a pena formalizar o seu negócio?

Imagem 5 - Produtos para revenda tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda
Como MEI, você profissionaliza seu negócio e ainda conta com a segurança de estar atuando na legalidade e de ter acesso, por exemplo, aos benefícios previdenciários.

Pensar em formalizar sua empresa é um passo muito importante.

Assim, quem trabalha por conta própria e fatura até R$ 60 mil por ano pode se transformar em um microempreendedor individual (MEI).

Essa é o tipo mais barato de empresa existente no Brasil.

Para quem vai ter um comércio de produtos para revenda, o custo mensal é apenas de R$ R$ 47,85.

Sendo R$ 46,85 destinados como contribuição à Previdência Social e R$ 1,00 pagos de ICMS, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços.

Há várias possibilidades de registro como MEI, todas elas identificadas por códigos CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas).

Entre elas:

  • 4781-4/00 – Comércio de artigos de vestuário
  • 4763-6/02 – Comércio de artigos esportivos
  • 4785-7/99 – Comércio de artigos usados
  • 4789-0/01 – Comércio de bijuterias
  • 4782-2/01 – Comércio de calçados
  • 4772-5/00- Comércio de cosméticos
  • 4713-0/02 – Comércio de miudezas.

Se não sabe por onde começar, a melhor dica é buscar a orientação especializada de um contador.

Um aspecto importante e que exige a sua atenção é quanto à revenda de produtos importados, que citei anteriormente.

O MEI pode importar produtos, sendo apenas proibido de atuar como atacadista, ou seja, só pode vender para consumidor final.

Receba fácil com a conta.MOBI

Imagem 4.1 - Produtos para revenda tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda
Com a conta.MOBI fica simples ter o controle financeiro do seu negócio, experimente!

Outro ponto que muitas vezes acaba sendo um empecilho para o revendedor expandir o seu negócio é a dificuldade em receber dos clientes.

Mas não precisa ser o seu caso, pois atualmente existem muitas soluções que dão oportunidade para o seu cliente realizar o pagamento da forma que lhe for mais confortável.

Com seu negócio formalizado e seu CNPJ em mãos, por que não buscar a abertura de uma conta digital que integre soluções de pagamento em seus serviços?

A conta.MOBI é uma excelente opção.

Com ela, você pode ter acesso à emissão de boleto bancário e à maquininha de cartão.

É ou não é o que você precisa para crescer com o seu negócio?

Abra sua conta.MOBI e integre todas as soluções para sua empresa.

Produtos para revenda é um negócio promissor?

Imagem 6 - Produtos para revenda tudo o que vocè precisa saber para multiplicar sua renda
Com dedicação e esforço, a revenda de produtos pode ser um grande negócio, mas claro depende de você!

A melhor parte de ser revendedor e empreendedor é que os resultados aparecem à medida que você se esforça para o sucesso.

Assim, seus ganhos são diretamente proporcionais à sua dedicação.

Quem resolve trabalhar por conta própria deseja independência, liberdade e qualidade de vida. Se esse também é o seu caso, então, fique sabendo que vai valer cada esforço.

Além disso, muitas pessoas vivem disso e montaram grandes empresas a partir dos produtos para revenda.

Seja um empreendedor responsável e comprometido, pois todos os setores da revenda de produtos que foram abordados aqui podem ser muito lucrativos.

Encontre seu lugar ao sol e trabalhe para o sucesso bater à sua porta.

Conclusão

Imagem 7 - Produtos para revenda tudo o que você precisa saber para multiplicar sua renda
Quer empreender, mas ainda não tem confiança de se dedicar apenas a ele? Os produtos para revenda podem ser uma promissora forma de iniciar a sua jornada empreendedora.

Então, o que lhe parece agora a ideia de apostar em produtos para revenda?

Ao chegar até aqui, você conferiu que esse negócio depende muito da escolha do nicho de mercado no qual irá atuar.

Por isso, seja cuidadoso nessa etapa para criar um negócio estruturado.

Reuni aqui um bom número de informações que vão ter nortear na escolha.

Pesquise, estude e decida qual a melhor opção para você.

Depois disso, trabalhe e se atualize.

Os negócios mudaram, então, ofereça soluções de valor ao cliente.

Agora, você tem o que precisa para vencer como um pequeno empreendedor.

Que o sucesso o acompanhe em sua trajetória!

Deixe uma resposta
  1. Interessante conteúdo. E ainda há quem diga que trabalhar por conta própria é fácil. Precisa se empenhar ao máximo para fazer dar certo. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *