Posted in:

Venda direta: O que é e como ter sucesso?

Imagem 1 - Venda direta o que é e como ter sucesso

Já pensou em ganhar a vida trabalhando com venda direta? Eu aconselharia a pensar nessa possibilidade.

Se mais de 5 milhões de pessoas atuam nesse ramo, todo esse sucesso não deve ser obra do acaso, concorda?

E certamente não é.

Entre os atrativos, estão a possibilidade de ser o próprio patrão, flexibilidade de horários e, o principal, lucros que dependem apenas do seu esforço.

É isso mesmo!

Quem foi que disse que ninguém enriquece trabalhando? Pois o sistema de venda direta surgiu para provar o contrário. E tem muita gente se dando bem.

Você também quer fazer parte desse time de vencedores? Eu vou lhe explicar como.

Neste artigo, além de saber o que é venda direta, você vai descobrir quais atividades oferecem oportunidades na área.

Quais são as empresas de vendas diretas no Brasil, o que é preciso para ingressar nesse mercado e quais são as principais vantagens da venda direta.

Você vai ver que não é apenas uma renda extra, um “bico”, como se costuma falar.

Essa é uma oportunidade real de empreender, de abrir sua empresa e de ganhar dinheiro.

Mas eu aconselho a seguir em frente na leitura apenas se você tiver a confiança nas próprias capacidades e a ambição de vencer.

Afinal, o que você vai ler a partir de agora é, de certa forma, uma receita para o sucesso.

O que é venda direta?

Imagem 2 - Venda direta o que é e como ter sucesso
Com mais de 5 milhões de adeptos, a venda direta faz sucesso no mundo todo e  se mostra um modelo de negócio para quem quer lucrar muito!

Você, no papel de consumidor, sabia que pode comprar produtos de alta qualidade, por um preço mais baixo, negociando diretamente com o fabricante?

Mas isso não é comprar no atacado?”, você talvez questione.

A oportunidade de compra é parecida, mas não se restringe a grandes quantidades.

É como comprar no varejo, mas não ir a uma loja.

É como ser o lojista, mas adquirir apenas uma unidade e não para revenda, mas para consumo próprio.

Com essa breve introdução, você já está bem próximo de entender o que é venda direta.

Esse é um modelo comercial de negociação de produtos e serviços sem intermediários.

Como o próprio nome indica, a venda ocorre de forma direta do fabricante/fornecedor com o cliente/consumidor final.

O sistema elimina da cadeia de consumo a figura do varejista, que é o comerciante que compra na fábrica para revender.

Como consequência lógica, há redução nos encargos e nos impostos, o que torna o produto em questão mais acessível ao consumidor.

Mas pagar menos impostos não é sonegação?”, surge a dúvida.

Não se isso for feito dentro da lei, que é exatamente o que ocorre no modelo de vendas diretas.

É verdade que não existe uma legislação específica no Brasil que regulamente o funcionamento do sistema comercial.

E esse é o cenário da venda direta em praticamente todo o mundo

Por outro lado, não há nenhuma norma que proíba as empresas de praticarem a venda direta ao consumidor.

Assim, com base no que prevê a Constituição Federal em seu artigo 170.

Que diz que a ordem econômica é fundada nos princípios da livre iniciativa e livre concorrência, há empresas que vêm atuando nesse ramo há 50 anos.

E são negócios grandes, enormes, gigantes!

Eu poderia citar vários exemplos, e ao longo do texto vou trazer mais alguns, mas de momento basta citar a Natura.

Que é uma empresa genuinamente brasileira, estabelecida aqui em 1969.

Mais à frente, ao falar sobre o surgimento da venda direta.

Vou contar mais sobre o papel da Natura e de outras empresas para que esse modelo comercial alcançasse o sucesso que tem hoje.

Antes, quero trazer mais detalhes sobre o funcionamento do sistema de vendas diretas.

Como a venda direta funciona?

Imagem 3 - Venda direta o que é e como ter sucesso
Com certeza já bateram a sua porta oferecendo a você um produto ou serviço a preço muito melhor do que o praticado no mercado. Pois bem, essa prática é conhecida como venda porta a porta.

O modelo de venda direta se caracteriza basicamente por três modalidades e dois modos de remuneração.

Vou detalhar como tudo isso funciona a partir de agora.

Vendas porta a porta

Do inglês door to door, a venda porta a porta acontece quando o revendedor ou distribuidor de uma empresa vai até o consumidor final para apresentar os produtos.

Seja em sua casa ou no seu local de trabalho.

É neste momento que ocorre a negociação e a venda.

Natura, O Boticário, Avon, Jequiti, DeMillus e Tupperware são algumas das empresas que apostam na estratégia.

Catálogo

Quando lembramos da figura do vendedor que deixava um catálogo ou revista com ofertas de produtos na nossa casa para depois voltar e encaminhar os pedidos.

Parece coisa do passado, não é mesmo?

E realmente estamos falando da forma mais antiga de venda direta no Brasil, mas ela ainda se mantém ativa.

A Hermes é uma lembrança óbvia, pois foi a precursora. Muitas das que citei no porta a porta também trabalham com catálogos.

Mix Lar, Hiroshima e Belcorp são outros exemplos.

Party plan

Esse é o tipo de venda direta menos comum, mas que também pode render bons negócios.

No party plan, o revendedor escolha a casa de uma consumidora para promover um pequeno evento, como um chá.

É nessa ocasião que a anfitriã recebe amigas para conhecer e comprar os produtos da marca, em geral envolvendo utensílios domésticos.

Com as novas tecnologias, o party plan (ou evento social) volta a ser uma alternativa interessante.

Que tal marcar um evento no Facebook ou reunir aquele seu grupo do WhatsApp?

Como ocorre a remuneração

Como comentei antes, há duas formas de remuneração aos revendores/distribuidores no sistema de vendas diretas.

Nem todas as empresas praticam as duas modalidades.

Então, se você pretende se juntar a uma delas, vale se informar antes.

O primeiro deles é o clássico mononível, no qual o representante da marca, responsável por levar os produtos ao consumidor final.

Opera com uma margem de lucro, algo como uma comissão sobre a venda.

Segundo estima a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABVED), que é a entidade que representa o setor, essa margem de lucro fica em média em 30% do item.

Já no sistema multinível, os ganhos costumam ser maiores.

O revendedor recebe, além da margem de lucro por suas vendas, uma bonificação por vendas realizadas por pessoas que ele indicou à empresa.

E por outras que se juntaram à equipe a convite daquelas que ele indicou.

É essa característica de rede em diferentes níveis que marca o chamado marketing de rede multinível.

Então é aquele negócio de pirâmide?”, você desconfia.

Essa é uma questão recorrente quando o marketing multinível (MMN) está na pauta. Mas uma coisa nada tem a ver com a outra e estou falando de uma atividade legal e vantajosa.

Para entender mais sobre o assunto, sugiro que leia este artigo e também este outro.

Importante: tanto no mononível quanto no multinível, como não há vínculo empregatício entre o revendedor e a empresa fabricante, não há salário.

Mas isso não significa necessariamente uma desvantagem, como explicarei a seguir.

Quais são as vantagens da venda direta?

Imagem 4 - Venda direta o que é e como ter sucesso
Me responda: você conhece outro tipo de negócio que tem a capacidade de agregar reais benefícios a todos os envolvidos? Nunca consigo pensar em nenhuma outra opção além da venda direta.

A característica que eu vejo como a mais marcante em um sistema de venda direta é que ele gera vantagens para todos os componentes da cadeia.

Ao refletir a respeito, eu me pergunto: que outro negócio tem essa capacidade de agregar reais benefícios a todos os envolvidos?

Fica difícil lembrar de algum.

No caso das vendas diretas, as empresas do setor não saem perdendo por não terem seus produtos expostos no varejo.

Ao contrário, elas chegam a todos os cantos do país e têm na motivação de suas equipes um trunfo para vender mais. E elas vendem.

Em todo o mundo, há pelo menos 20 empresas de faturamento bilionário atuando no setor, conforme mostra o ranking da Direct Selling News.

Que estabelece uma classificação das marcas de maior receita em vendas diretas.

Já para o consumidor, a vantagem é óbvia e toca principalmente no seu lado mais sensível: o bolso.

Se não fosse pela venda direta, talvez ele não tivesse acesso a produtos da mais alta qualidade e ainda recebendo um atendimento personalizado.

Mas é entre os revendedores que estão as maiores vantagens.

Vou falar mais sobre elas no tópico Por que optar pela venda direta?, mas quero dar uma dica rápida.

Não há outra oportunidade profissional de fazer o próprio horário, ser dono do próprio nariz e acabar recompensado de forma proporcional pelo próprio esforço.

Veja só, não foi por acaso que eu repeti tantas vezes a palavra “próprio” na frase anterior.

É que na venda direta tudo depende de você, inclusive seus ganhos.

Esse sistema veio provar que é possível, sim, ficar rico trabalhando.

Basta acreditar e se dedicar.

A ABEVD ainda destaca outro benefício importante, que é aquele gerado à sociedade.

Como abre as portas para uma complementação de renda ou mesmo nova carreira profissional.

As vendas diretas são um aliadas contra o desemprego, que já atinge a 14,2 milhões de brasileiros.

Isso para ficar apenas nesse tema bastante pontual, mas poderia citar a crise econômica, o incentivo ao consumo, a riqueza gerada, entre outros benefícios.

Como surgiu a venda direta no Brasil?

Anote o ano: 1942. Foi nele que a venda direta teve início no Brasil.

E como comentei antes, a precursora nesse modelo comercial foi a Hermes, que ainda hoje oferece um catálogo popular de:

utilidades domésticas, vestuário, semijoias, artigos de maquiagem, cosméticos, cama, mesa e banho.

A primeira abordagem da Hermes foi com o chamado reembolso postal, modalidade na qual os produtos eram pagos e retirados em agências dos Correios.

Só na década de 80, depois de uma greve na estatal prejudicar as vendas, é que a empresa mudou a forma de atuar e passou a operar com os catálogos.

Depois da Hermes, veio a Avon, que inaugurou sua primeira fábrica no Brasil em 1959.

No estabelecimento, instalado em São Paulo, ela começou produzindo o batom Fashion de cor Clear Red.

Sete anos depois, quem desembarcou por aqui foi a Yakult – sim, estou falando da marca de leite fermentado, que virou referência na bebida láctea com lactobacilos vivos.

Sua fábrica em São Bernardo do Campo foi inaugurada em 1968, mas ela já operava no país com vendas diretas.

Por fim, eu havia prometido falar da Natura, que é um case de sucesso pra lá de interessante.

Apesar de iniciar a produção de cosméticos em 1969, foi cinco anos depois que a marca ingressou no mercado de vendas diretas.

E aí, ela mudou de patamar.

O sucesso foi tanto que ela é a única empresa brasileira no top 10 do ranking da Direct Selling News.

Segundo o levantamento, em 2015, a Natura ocupou a oitava posição entre as empresas de maior faturamento do setor no mundo.

Com uma receita total de 2,41 bilhões de dólares – mais de R$ 7,5 bilhões.

Por que optar pela venda direta?

Imagem 6 - Venda direta o que é e como ter sucesso
Separei 5 motivos reais e muito forte que mostram que a venda direta é uma excelente opção de negócio para empreendedores.

Se já você já abriu uma empresa e quer fazê-la crescer, a venda direta pode ser a modalidade ideal para expandir horizontes e tornar seu negócio conhecido em todo o país.

O caminho é fácil? Certamente não é.

Mas todos começaram algum dia, não é mesmo?

E como você viu até aqui, há boas vantagens ao apostar nesse tipo de negócio.

Já se você está em outro momento, fora do mercado de trabalho ou descontente com o atual emprego, eu vejo na venda direta a oportunidade perfeita para o seu caso.

Quer saber por quê? Acompanhe as principais razões para isso:

1. É oportunidade passageira ou permanente

Você não precisa largar o emprego para “experimentar” a venda direta.

Mas depois de começar, eu duvido que queira parar.

2. Você define o próprio salário

Não há forma de valorização mais justa do que definir seus ganhos de forma proporcional ao esforço empregado e às vendas realizadas.

3. Há autonomia total

Você é quem estabelece o horário de trabalho e as técnicas de venda que irá colocar em prática.

4. Não há exigências para começar

Não importa sua idade, sexo, escolaridade ou mesmo se possui experiência anterior na área de vendas.

5. É a chance de empreender

Se você tem o sonho de se tornar um empreendedor, montar uma equipe de vendas diretas pode ser uma excelente ideia.

Como saber se uma empresa de venda direta está regularizada?

Imagem 7 - Venda direta o que é e como ter sucesso
Está pensando em entrar nesse negócio? Então atenção! Minha dica é que você se certifique de que a empresa está regularizada. Evitando assim problemas.

Eu vou considerar agora que você gostou da proposta do sistema de vendas diretas e queira se juntar a ele. Desde já, desejo boa sorte nessa empreitada.

Mas antes de procurar uma empresa do setor, uma dica valiosa é verificar se ela está regularizada.

Infelizmente, não dá para esperar honestidade de todos, não é mesmo?

E o setor de vendas diretas já sofreu com isso, mas especificamente no marketing multinível.

Você deve lembrar que, há alguns anos, surgiram no mercado empresas anunciando uma oportunidade fantástica de ficar rico em pouco tempo.

Sem o menor esforço, você entrava para o esquema e, quanto mais desembolsava, mais ganharia em troca.

Esse tipo de ação criminosa, que nada mais é do que uma pirâmide financeira, usava como disfarce a suposta atuação como uma empresa de venda direta.

E aí, no final, só lucrava mesmo quem estava no topo da cadeia.

Os demais ficaram totalmente no prejuízo, alguns perderam centenas de milhares de reais.

Nem mesmo comissão por vendas eles receberam, já que não havia um produto a vender.

Se você sofreu pessoalmente com isso, eu lamento.

Mas fiz essa observação não para provocar lembranças ruins ou passar uma imagem negativa sobre as vendas diretas.

É apenas um alerta para que verifique a idoneidade da empresa antes de fazer parte dela.

E para isso, uma ótima fonte de consulta é o Guia de Legislação no Brasil, disponibilizado pela ABEVD em seu site.

Mesmo que a marca à qual você pretende se juntar não seja uma associada da entidade, é importante que ela atenda às normas ali descritas.

No mínimo, esse será um indicativo de sua postura séria e em concordância com o ordenamento jurídico brasileiro.

Neste guia, inclusive, são citados aspectos importantes a respeito das práticas criminosas envolvendo pirâmides e correntes de felicidade, sobre as quais comentou há pouco.

A sugestão é que use esse material e consulte outras fontes de informação, de preferência em canais oficiais, antes de fazer qualquer investimento na nova atividade.

Quais as empresas de venda direta hoje no Brasil?

Uma forma certamente segura de ingressar no mercado de vendas diretas é recorrer a uma das associadas da ABEVD.

Afinal, para serem aceitas pela entidade, essas empresas tiveram que atender aos requisitos que atestam a sua regularidade.

Nem todas as empresas de venda direta que existem hoje no Brasil são associadas da ABEVD.

E mesmo entre as não associadas tem muitos negócios sérios e até mesmo de grande porte.

Mas para lhe ajudar nesse desafio, vou me restringir agora justamente àquelas que fazem parte da entidade, informando quem são e que produtos vendem.

Confira a relação:

  • 4Life Research do Brasil: suporte do sistema imunológico
  • Akmos: cosméticos
  • Amway: nutrição, beleza e cuidados com a casa
  • Ares: perfumaria e cosméticos
  • Avon: cosméticos e produtos para o lar
  • Boulevard Monde: saúde e beleza
  • CacauShow: chocolates
  • Chlorophylla: perfumaria e cosméticos
  • Cidiz: moda premium
  • DeMillus: moda íntima
  • Ecotrend: limpeza e cristalização de automóveis
  • Evomel Bee Life: nutrição, energia, saúde e beleza
  • Forever Living: cuidados pessoais e cosméticos
  • Grupo Sion: construção e empreendimentos
  • Herbalife: nutrição e cuidados pessoais
  • Hinode: perfumaria e cosméticos
  • I9 Life: perfumaria, cosméticos e nutrição
  • Jafra: cosméticos
  • Jequiti: perfumaria, cosméticos, maquiagem e cuidados pessoais
  • Jeunesse: cosméticos anti-idade
  • Kenko Pato: magnetoterapia
  • L’Bel: cosméticos
  • Leopoldine: bolsas e acessórios
  • Lyconet: comunidade de compras
  • Natura: perfumaria, cosméticos, maquiagem e cuidados pessoais
  • Mary Kay: cosméticos
  • MDY Estúdio: ensino
  • New Time Brazil: cosméticos, fragrâncias, nutracêuticos, purificadores, beleza e linha automotiva
  • Nipponline: sonoterapia
  • Novety: cosméticos
  • Oceanic: cosméticos
  • Omnilife: nutrição e saúde
  • Polishop: casa, saúde e beleza
  • Racco: cuidados corporais, higiene íntima, perfumaria, maquiagem, alimentos e nutricosméticos
  • Rede Fácil Brasil: alimentos e bebidas funcionais
  • Royal Prestige: utensílios culinários
  • Teralife: saúde do sono
  • Tupperware: utilidades domésticas
  • Up! Essência: cosméticos
  • Vitalline: saúde do sono
  • Vitturia: dermocosméticos
  • ViverBem: refeições especiais.

Como ter sucesso com vendas diretas?

Imagem 8 - Venda direta o que é e como ter sucesso
Dedicação e força de vontade são o segredo para alcançar o sucesso nesse negócio promissor.

Antes de encerrar este artigo, quero apresentar a você dicas que eu considero fundamentais para se dar bem no mercado de vendas diretas.

Como eu comentei antes, a habilidade de vendedor é importante, mas mesmo se você não possui experiência alguma pode lucrar nessa atividade.

Basta se dedicar, o que não exige pouco, mas depende apenas de você.

1. Busque conhecimento

O primeiro passo você já está dando ao ler este artigo. Mas não fique apenas nele.

Procure mais informações sobre vendas diretas, compreenda o funcionamento desse mercado em detalhes.

Leia livros sobre empreendedorismo e técnicas de vendas e assista a vídeos.

2. Junte-se a uma marca vencedora

Não há melhor caminho para alcançar a vitória do que se unir a quem já chegou lá.

Para quem está motivado a começar e disposto a aprender, o mais indicado é buscar uma empresa reconhecida pela qualidade do que oferece.

Afinal, para atrair clientes, o primeiro passo é acreditar no que você vende.

3. Encare o trabalho com seriedade

Como qualquer atividade na qual temos autonomia para definir o horário de trabalho, se não há disciplina, as tarefas não são executadas como gostaríamos.

Nas vendas diretas, esse erro é fatal, pois você só terá ganhos se vender, e vender muito.

4. Tenha paciência e persistência

Você acredita em mágica? Eu não. É por isso que recomendo cautela com os resultados iniciais na nova atividade.

Enquanto não achar a fórmula ideal de prospecção de clientes e concretização de vendas, é natural que o faturamento fique aquém do desejado.

Quem persegue o sucesso não desiste diante do primeiro obstáculo.

5. Acredite em você

Quem trabalha com vendas ou já trabalhou sabe bem que a motivação é um componente fundamental.

Por isso, para se dar bem nesse ramo, você precisa encontrar meios que o motivem dia após dia.

Acreditar em você, nas suas capacidades e habilidades, é uma conduta obrigatória.

Conclusão

Imagem 9 - Venda direta o que é e como ter sucesso
Se você tem visão e quer empreender em um negócio lucrativo, minha dica é a venda direta. Com dedicação, logo você avistará seus milhões.

Então, o que achou da ideia de trabalhar com vendas diretas?

É um mercado interessante, não é mesmo?

Não comentei antes, mas, segundo estimativas da ABEVD, o setor fatura quase R$ 30 bilhões por ano.

Só por essa cifra você vê que não estou falando de uma aventura profissional.

E ao observar a relação de empresas que fazem da venda direta o motor das suas receitas, percebemos que tem muita gente grande nesse meio.

Como dica final, sugiro que reflita mais sobre o tema e considere seriamente a possibilidade de ingressar nesse mercado.

Se você convive com a crise e o desemprego, pode estar aí a solução perfeita.

Todos precisamos de trabalho e de dinheiro.

Temos necessidades básicas a atender. Somos incluídos financeiramente assim.

É por isso que eu considero que, para a sorte do nosso país, é que existe a oportunidade quase ilimitada de trabalhar com vendas diretas.

E você, o que está esperando?

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *